UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Biografias

Vicente Blasco Ibañez
Escritor espanhol
29-1-1867, Valência
28-1-1927, Menton

Do Klick Educação

O chamado "Zola espanhol", devido à sua preferência pelos assuntos escabrosos, pelos ambientes sórdidos e pelas personagens de forte traço psicológico, aprendeu o ofício como secretário do folhetinista M. Fernández y González. Seu ativismo político republicano custou-lhe a prisão e o exílio entre 1890 e 1891. Com 27 anos, iniciou o ciclo de romances sobre sua terra valenciana com Arroz y Tartana, a que se seguiram Flor de Mayo (1895), La Barraca (1898), Entre Naranjos (1900) e Cañas y Barro (1902). Até 1909, ano em que partiu rumo à América, continuou publicando sem cessar, quer obras de ensaio, como La Catedral (1903) ou La Horda (1905), quer narrativas de costumes, como Arenas Sangrentas (1908). A Primeira Guerra Mundial, da qual participou ao lado dos aliados, proporcionou-lhe matéria para vários romances, com os quais alcançou enorme popularidade: Os Quatro Cavaleiros do Apocalipse (1916), Mare Nostrum (1918) e Los Enemigos de la Guerra (1919). Em 1923, com a ascensão de Primo de Rivera, exilou-se. Até a sua morte, dedicou-se a escrever romances históricos, como El Papa del Mar (1925), sobre Cristóvão Colombo. Foi também autor de livros de viagens, entre os quais se destacam os três volumes de La Vuelta al Mundo de un Novelista (1924-1925).
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Lição de Casa Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host