UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Biografias

Gilberto Freyre
Sociólogo, antropólogo, professor e escritor brasileiro
15-3-1900, Recife (PE)
18-7-1987, Recife (PE)

Do Klick Educação

Com a obra-prima Casa-Grande e Senzala (1933), Gilberto Freyre revolucionou a sociologia brasileira. Além da maneira clara e pitoresca de escrever, utilizou-se de pequenos fatos, aparentemente insignificantes, para relatar a contribuição do negro na formação do modelo familiar e da cultura brasileira, o que fez merecer o titulo de "obra fundamental para o entendimento da formação social e cultural do Brasil". Como escreveu Monteiro Lobato: "Ele falava em `cheiro de mulata´, em bodum de negro, em leituras secretas, em brinquedos de criança, em anúncios de jornais, em beijos atrás da porta, em modas de vestidos e penteados. E falava muito em comidas. Seu livro era uma casa inteira, com sala de visitas, sala de jantar, quartos de dormir, banheiro, copa, cozinha e quintal" (...). Em vez de nos pintar uma ficção ele nos pintava um Brasil que nos envolvia de todos os lados, cru, vivo, palpitante." Um eterno defensor da miscigenação das raças, como fator benéfico às relações sociais, escreveu em seguida o livro Sobrados e Mocambos (1936) e Nordeste (1937), entre outros. Iniciando seus estudos no Brasil, aos 18 anos viajou para os Estados Unidos, onde se especializou na Universidade de Baylor e de Columbia. Nesta última, em 1922, defendeu a tese Vida Social no Brasil na Metade do Século XIX. Depois de percorrer a Europa freqüentando cursos, conferências e lecionando, retornou ao Recife.
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Lição de Casa Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host