UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Biografias

Fernando Lopes Graça
Compositor e musicólogo português
17-12-1906, Tomar
28-11-1994, Parede

Do Klick Educação

Formou-se no Conservatório Nacional e estudou musicologia na Sorbonne de Paris entre 1937 e 1939. Fernando Lopes Graça desenvolveu uma extensa obra composta de música dramática, orquestral e de câmara, prestando particular atenção à música tradicional portuguesa. Em 1938, por sugestão da cantora Lucie Dewinsty, fez uma harmonização das canções populares portuguesas. A partir desse momento, as composições de Lopes Graça passam a ter um caráter fortemente português. O compositor dedica-se em particular ao folclore, criando em 1945 o Coro do Grupo Dramático Lisbonense e o Coro da Academia de Amadores de Música – Seção de Folclore. Este último interpreta exclusivamente canções regionais portuguesas nas harmonizações feitas pelo próprio compositor. Teve grande atividade como compositor, maestro, pianista, crítico e organizador de vários coros populares. Sua obra mais importante é o Réquiem às Vítimas do Fascismo (1979), uma peça para cinco solistas, coro misto e orquestra, que tem como ponto de partida uma situação dramática da história de Portugal. Fundou a Revista de Música (1931) e a Gazeta Musical (1951) e escreveu diversas obras, entre as quais se destacam Introdução à Música Moderna (1942), Viana da Mota (1949) e A Canção Popular Portuguesa (1953).
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Lição de Casa Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host