PUBLICIDADE
Topo

Mikhail Gorbatchev Político russo

02/03/1931, Privolnoye, Stavropol, Rússia

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

25/04/2007 07h09

Secretário-geral do Comitê Central do Partido Comunista da União Soviética de 1985 a 1991 e Presidente da nação entre 1990-1991, Mikhail Sergeyevich Gorbatchev fez as reformas que conduziram ao final da Guerra Fria e auxiliaram o processo que culminou com a dissolução da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas ainda em 1991.

Aos 21 anos, em 1952, Mikhail Gorbatchev inscreveu-se no Partido Comunista. Estudou direito na Universidade de Moscou, onde conheceu Raisa com quem se casou em setembro de 1953, dois anos antes da formatura. O casal fixou-se na terra natal de Gorbatchev, Stavropol, no sul da Rússia e teve uma filha.

Em 1966, Gorbatchev formou-se agrônomo. Começou, então, a progredir na carreira política. Em 1970 foi nomeado Primeiro Secretário da Agricultura e, no ano seguinte, membro do Comitê Central. Em 1974, tornou-se representante do Soviete Supremo e, em 1979, entrou para o Politburo, órgão executivo do Partido Comunista.

Gorbatchev teve a oportunidade de viajar a diversas partes do mundo, o que teria influenciado o seu ponto de vista político e social, como líder do seu país. Em 1975, dirigiu uma delegação a República Federal da Alemanha e em 1983 liderou outra ao Canadá, onde se encontrou com o primeiro-ministro Pierre Trudeau, com os membros da Câmara dos Comuns e do Senado. Em 1985, viajou ao Reino Unido, onde se encontrou com Margaret Thatcher.

Com a morte de Konstantin Chernenko, Mikhail Gorbatchev foi eleito secretário geral do Partido Comunista em 11 de Março de 1985. Tentou reformar o partido, apresentando um projeto que iria tornar internacionais duas palavras russas: "glasnost" (abertura) e "perestroika" (reestruturação) e que foi apresentado no 27o Congresso do Partido Comunista Soviético em fevereiro de 1986.

Em 1988, Gorbatchev anunciou que a União Soviética abandonava oficialmente a doutrina Brezhnev, ao admitir que a Europa do Leste adotasse regimes democráticos. Em Julho de 1989, num discurso histórico perante a Assembléia Parlamentar do Conselho da Europa, referiu-se à "casa comum europeia". A queda da Cortina de Ferro, o fim da Guerra Fria e a retirada das tropas soviéticas do Afeganistão, lhe valeram o prêmio Nobel da Paz em 1990, mesmo ano em que se tornou presidente executivo com poderes especiais.

Um golpe de militar, em 1991, forçou-o a abandonar o seu cargo de Secretário-geral do Partido Comunista e o colocou em prisão domiciliar. O povo russo, porém, reagiu ao golpe, sob a liderança de Boris Ieltsin e o regime comunista soviético veio abaixo.

Mikhail Gorbatchev demitiu-se da chefia de estado no dia 25 de dezembro de 1991. Em 1993 fundou uma ONG, a Cruz Verde Internacional, que se ocupa das questões da água e do desarmamento, ao que se dedica ainda hoje. Em 1993, fez o papel de si mesmo no filme "Tão longe, tão perto", de Win Wenders. Em 1995, candidatou-se à presidência da Rússia, mas teve votação insignificante. Sua mulher, Raisa, morreu em 1999.