UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Biografias

Presidente dos EUA entre 1877 e 1880

Rutherford B. Hayes

4/10/1822, Delaware, Ohio
1893, Ohio

Da Redação
Em São Paulo

Não é de hoje que os republicanos perdem as eleições nos EUA no voto popular, mas acabam levando a presidência graças a conchavos obscuros. Tal como George W. Bush em 2000, Rutherford B. Hayes perdeu no voto popular em 1876. Ele só conquistou o cargo porque uma comissão dominada por republicanos lhe foi favorável quando a votação foi contestada em três Estados. Qualquer semelhança com a Flórida não é mera coincidência.

A lealdade partidária e o bom histórico de guerra tornou Hayes o candidato presidencial republicano em 1876. Apesar de muitos republicanos famosos, incluindo Mark Twain, terem discursado por ele, a expectativa era de que Hayes perderia para o popular democrata Samuel J. Tilden - o que de fato aconteceu.

Tilden venceu no voto popular -4.300.000 contra 4.036.000. Mas uma brecha deixou o resultado final dependendo de votos eleitorais contestados na Louisiana, Carolina do Sul e Flórida (tal como em 2000). Se cada um dos votos contestados fosse para Hayes, ele conquistaria a presidência.

Meses de incerteza se seguiram. Em janeiro de 1877, uma comissão eleitoral foi estabelecida para decidir a disputa. A comissão, composta de oito republicanos e sete democratas, decidiu a favor de Hayes por oito votos contra sete.

Hayes nasceu no Estado de Ohio, em 1822. Foi educado no Kenyon College e na Escola de Direito de Harvard. Após cinco anos praticando advocacia em Lower Sandusky, ele mudou para Cincinnati, onde despontou como advogado whig (conservador).

Ele lutou na Guerra Civil, foi ferido em ação e promovido a general-de-divisão honorário. Enquanto ainda estava no Exército, os republicanos de Cincinnati o indicaram para a Câmara dos Deputados. Ele aceitou a indicação, mas não fez campanha, explicando: "um oficial apto ao dever que, em meio a esta crise, abandonasse seu posto para conquistar votos... deveria ser escalpado".

Como presidente, Hayes insistiu que suas nomeações fossem feitas com base no mérito e não por considerações políticas. Para seu gabinete, ele escolheu homens de alto calibre, mas muitos republicanos ficaram ultrajados por um deles ser um ex-confederado e outro um republicano liberal.

Hayes prometeu proteção aos negros no Sul, mas também defendeu a restauração de "autogoverno local sábio, honesto e pacífico". Isto significava a retirada das tropas. Hayes esperava que tais políticas conciliatórias levassem à formação de um "novo Partido Republicano" no Sul, que atrairia os empresários e conservadores brancos.

Muitos dos líderes do novo Sul de fato preferiam as políticas econômicas republicanas e aprovavam o conservadorismo financeiro de Hayes, mas enfrentariam a aniquilação nas urnas caso entrassem para o partido que defendeu a ocupação militar pelo norte após a Guerra Civil. Hayes e seus sucessores republicanos foram persistentes em seus esforços, mas não podiam vencer o "sólido Sul".

Hayes anunciou com antecedência que só exerceria um mandato e se aposentou em Spiegel Grove, sua casa em Fremont, Ohio, em 1881. Ele morreu em 1893.

Com informações da The White House Historical Association

Compartilhe:

    Receba notícias

    Lição de Casa Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host