PUBLICIDADE
Topo

Vestibular

Adiamento do Enem 2009 afeta seleção de 200 mil vagas no ensino superior

Da Redação<br>Em São Paulo

01/10/2009 12h59

Atualizada às 15h09

O cancelamento do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2009 por vazamento de prova, nesta quinta-feira (1º), vai atrasar o processo seletivo de, no mínimo, 200 mil vagas no ensino superior. As novas provas devem ocorrer em novembro, sem data definida até o momento.

De acordo com o ministro da Educação, Fernando Haddad, o Enem é usado diretamente para selecionar 50 mil estudantes para universidades federais, e mais 150 mil para bolsas do Prouni (Programa Universidade para Todos).

A Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior), que congrega os reitores das universidades federais, foi contatada, mas ainda não emitiu posicionamento sobre o adiamento do Enem.

O que você achou do cancelamento do Enem?

Além das instituições federais há outras universidades e escolas que utilizam a nota na seleção dos candidatos. A USP (Universidade de São Paulo), a Unesp (Universidade Estadual Paulista) e a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), por exemplo, usam a avaliação do MEC (Ministério da Educação) como parte da nota em seus vestibulares.

Unesp, Unicamp e USP

A Unesp e a Fundação Vunesp, realizadora do vestibular da instituição, já informaram, por meio de nota, que vão aguardar "a definição da nova data de prova do Enem e o cronograma de divulgação do resultado para se manifestarem sobre uma eventual mudança no calendário do Vestibular 2010, caso seja necessário".

A nota afirma ainda que "os candidatos serão informados com a devida antecedência, se houver qualquer alteração".

Segundo a assessoria de imprensa do vestibular da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), os estudantes devem continuar colocando o número do Enem 2009 na inscrição do vestibular 2010. Em nota, a instituição afirma que vai aguardar o anúncio das novas datas de realização do exame.

Caso seja constatado que não haverá tempo hábil para a utilização do Enem para compor a nota de 1ª fase do vestibular 2010, a instituição aplicará o que está previsto no edital do processo seletivo, no Artigo 11, parágrafo 2º, que determina que, se as notas não estiverem disponíveis para a Comvest (Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp) até 30 de novembro, as notas do Enem 2009 não serão utilizadas para a composição da nota da 1ª fase do vestibular 2010 da Unicamp.

No vestibular 2010 da instituição, a nota do exame é utilizada na 1ª fase, valendo até 20% do desempenho.

O UOL Educação também contatou a USP e aguarda posicionamento oficial.

Em nota, a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) anunciou que o adiamento do Enem não afetará o processo seletivo de 2010 da Universidade Federal de São Paulo em nenhum dos dois modelos: unificado (fase única com a nota do Enem) e misto (nota do Enem como primeira fase).

A Unifesp "informa que para os 19 cursos que utilizarão somente a nota do Enem, a instituição seguirá o cronograma que será apresentado pelo MEC". Já para os sete cursos, nos quais a seleção será de forma mista, as datas não estão comprometidas. As provas da segunda fase serão realizadas nos dias 17 e 18 de dezembro de 2009. A divulgação dos resultados do vestibular acontecerá no dia 28 de janeiro de 2010 e a matrícula no dia 9 de fevereiro de 2010.

Leia mais
Confira 20 perguntas e respostas sobre o novo Enem
Banco de Redações: treine para a redação do Enem
Não há perspectiva de substituir primeira fase da Fuvest por novo Enem
Conselho aprova uso do novo Enem em vestibulares de Institutos Federais
Inglês fica de fora do novo Enem em 2009, diz MEC
Novo Enem é ruim para avaliar a qualidade do ensino médio, diz pesquisadora
Mapa Enem 2008: veja onde ficam as 20 melhores escolas
No Enem 2008, 74,3% das escolas do país ficam abaixo da média nacional
RS tem mais escolas com bom desempenho no Enem 2008; veja a situação de seu Estado
Desempenho de escolas estaduais é prejudicado por baixo investimento, diz ministro
Melhor do Brasil no Enem 2008 tem ensino integral e faz prova aos sábados
Rio emplaca sete escolas entre as melhores; veja ranking por Estado

Vestibular