PUBLICIDADE
Topo

IGC 2009: 15 instituições de ensino superior podem ser proibidas de abrir novas vagas

Da Redação

Em São Paulo

13/01/2011 14h01

Quatro universidades e onze centros universitários podem perder a autonomia por terem obtido conceito 2 no IGC (Índice Geral de Cursos), índice calculado a partir das notas do Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) 2009. Por conta do baixo desempenho, essas instituições passarão por supervisão.

O índice, que pode ir de 1 a 5, foi divulgado nesta quinta-feira (13), pelo MEC (Ministério da Educação) e pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), autarquia responsável pelo levantamento.

Universidades e centros universitários têm o poder de criar novas graduações e vagas sem ter que consultar o MEC. O ministério também deve divulgar hoje o nome de instituições que obtiveram conceito 1 e poderão ser descredenciadas.

Conheça o nome das instituições que obtiveram conceito 2 e serão supervisionadas:

Universidades
Uniabc (Universidade do Grande ABC) - SP;  
Universidade Ibirapuera - SP;
Unig (Universidade Iguaçu) - RJ;
Universidade Santa Úrsula - RJ;

Centros Universitários
Unirondon (Centro Universitário Cândido Rondon) -  MT;
Univercidade (Centro Universitário da Cidade) - RJ;
Unidesc (Centro Universitário do Desenvolvimento do Centro-Oeste) - GO;
Ciesa (Centro Universitário de Ensino Superior do Amazonas) -  AM;
Univag (Centro Universitário de Várzea Grande) – MT;
Unorp (Centro Universitário do Norte Paulista) – SP;
Unieuro (Centro Universitário Euro-Americano) – DF;
UniMSB (Centro Universitário Moacyr Sreder Bastos) -  RJ;
Uniplan (Centro Universitário Planalto do Distrito Federal) - DF;
Unisant'anna (Centro Universitário Sant’Anna) – SP;
Ceulm/Ulbra (Centro Universitário Luterano de Manaus) - AM.