Enem

MEC atrasa pela segunda vez divulgação do Enem por escola

Karina Yamamoto
Editora do UOL Educação

Rafael Targino

Em São Paulo

Contrariando uma promessa do ministro Fernando Haddad, o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) vai atrasar mais uma vez a divulgação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) por escola. Haddad havia prometido no dia 19 de agosto que, em 15 dias, os resultados seriam publicados –prazo que se encerrou no dia 3 de setembro.

De acordo com a assessoria de imprensa do MEC (Ministério da Educação), "o Inep [Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais] atrasou a divulgação por conta da apresentação de uma nova forma". A presidente do instituto, Malvina Tuttman, antecipou em agosto que haveria uma nova maneira de divulgar os dados, a fim de evitar o rankeamento das escolas.

No entanto, no dia 19, o próprio ministro afirmou que o "atraso" (nas palavras dele) não se devia a essa “nova forma”, mas sim ao “recálculo do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) por conta da reaplicação da Prova Brasil em 20 escolas brasileiras”, apesar de a Prova Brasil não ser aplicada a alunos do ensino médio.

Questionada pelo UOL Educação sobre os motivos do "atraso", a assessoria de imprensa do Inep afirmou que o Enem por escola "vai sair esta semana".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos