PUBLICIDADE
Topo

Escola barra aluna que raspou o cabelo em apoio a amiga com câncer nos EUA

Do UOL, em São Paulo

26/03/2014 16h37Atualizada em 26/03/2014 17h20

Kamryn Renfro, 9, foi proibida de entrar na escola Caprock Academy, Colorado (EUA), depois que apareceu com a cabeça raspada. A estudante cortou os cabelos em apoio à sua amiga Delaney Clements, 11, que está com câncer e perdeu os cabelos durante a quimioterapia.

“Eu senti que era a coisa certa a fazer”, disse a garota ao site norte-americano “Today.com”. As duas meninas são de escolas diferentes, mas Kamryn não queria que Delaney se sentisse sozinha.

Os funcionários que barraram a estudante alegaram que ela havia quebrado o código de vestimenta da instituição.

Segundo informações do portal "Daily Mail",  a escola disse que ela não poderia voltar para as aulas até ela colocar uma peruca ou que seu cabelo crescesse. Jamie Renfro, mãe de Kamryn, enviou um e-mail para a Caprock Academy explicando o motivo da filha ter raspado a cabeça, mas os administradores disseram não poder abrir exceções.

Nessa terça-feira (25), o conselho da escola decidiu aceitar o retorno de Kamryn às aulas

Kamryn Renfro, 9, foi proibida de entrar na escola Caprock Academy depois que apareceu com a cabeça raspada - Christopher Tomlinson - Christopher Tomlinson
Jamie Olson Renfro abraça e beija sua filha Kamryn, 9, depois da decisão da escola Caprock Academy que aceitou que a jovem voltasse às aulas
Imagem: Christopher Tomlinson