Morre aos 74 anos o psiquiatra Içami Tiba

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Içami Tiba, autor de "Quem Ama, Educa!", "Adolescentes: Quem Ama Educa!" e "Homem Cobra Mulher Polvo"

    Içami Tiba, autor de "Quem Ama, Educa!", "Adolescentes: Quem Ama Educa!" e "Homem Cobra Mulher Polvo"

Içami Tiba, 74, psiquiatra, educador e escritor especializado em psicoterapia familiar, morreu neste domingo (2) em São Paulo, capital. Ele estava internado no hospital Síro-Libanês para tratamento de câncer. A causa da morte não foi divulgada.

Nascido em 15 de março de 1941 em Tapiraí (SP), Tiba era filho de imigrantes japoneses. Ele formou-se em medicina pela Universidade de São Paulo em 1968, onde depois seria professor por mais de 22 anos, sendo 15 deles como docente de Psicodrama de Adolescentes no Instituto Sedes Sapientiae. Em sua clínica particular, na psicoterapia para adolescentes, realizou mais de 77 mil atendimentos.

Autor de 29 livros com mais de 4 milhões de exemplares vendidos, Tiba era referência para muitos pais e educadores e se dedicava também a palestras, tendo participado de 3.400 eventos. Entre as publicações mais famosas estão "Quem Ama, Educa!", "Adolescentes: Quem Ama Educa!" e "Homem Cobra Mulher Polvo".

Foi colunista em diversas publicações, entre elas o UOL, Jornal da Tarde, Revista Viva Mais, além de ter um programa semanal na Rede Vida.

O educador deixa a esposa Maria Natércia, os filhos Natércia, André e Luciana e os netos Kaká e Dudu. O corpo será enterrado na segunda-feira (3) às 16h no cemitério do Morumbi, em São Paulo (SP). (Com Estadão Conteúdo)

 

"É com imensa tristeza que a família Tiba comunica o falecimento do marido, pai e avô Içami, que nos deixa lembranças...

Posted by Içami Tiba on Sunday, August 2, 2015

Içami Tiba fala sobre a educação pública no Brasil

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos