Topo

Educação

Vestibular


MEC divulga lista de candidatos pré-selecionados no Fies 2016

Do UOL, em São Paulo

01/02/2016 16h49Atualizada em 01/02/2016 17h12

O MEC (Ministério da Educação) divulgou nesta segunda-feira (1º) a lista de pré-selecionados no Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) do primeiro semestre de 2016. O resultado está disponível no site http://fiesselecao.mec.gov.br. Os candidatos não selecionados estão incluídos automaticamente na lista de espera.

Os estudantes pré-selecionados devem concluir a inscrição no SisFies, por meio do endereço http://sisfiesportal.mec.gov.br, para contratação do financiamento, entre 2 e 6 de fevereiro.

Lista de espera

As vagas não ocupadas pelos pré-selecionados serão liberadas aos participantes da lista de espera. Estes candidatos devem acompanhar a eventual pré-seleção na página do Fies (http://fiesselecao.mec.gov.br). Eles devem, entre 7 e 18 de março, acessar a página do programa e informar se estão matriculados na instituição, no curso e turno em que se inscreveram.

Após esse período, o estudante que não informar a situação de matrícula terá sua inscrição cancelada no processo seletivo do Fies referente ao primeiro semestre de 2016.

Fies 2016

Neste processo, foram ofertados 250.279 contratos de financiamento. Saúde foi a área com o maior número de vagas ofertadas: ao todo, 76.092. Em seguida, formação de professores (47.115) e engenharias (34.557).

No último dia de inscrição, o Fies tinha, até o meio-dia, 476.716 candidatos inscritos, segundo o MEC.

O Fies oferece financiamento de cursos em instituições privadas de ensino a uma taxa efetiva de juros de 6,5% ao ano. O percentual de financiamento é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante. Atualmente, mais de 2,1 milhões de estudantes participam do programa.

Para participar é necessário ter obtido pelo menos 450 pontos na média nas provas do Enem (da edição de 2010 ou posterior) e não ter tirado zero na redação. O candidato precisa também apresentar renda familiar média de até 2,5 salários mínimos por pessoa.

Vestibular