Prouni

Terminam nesta sexta (9) as inscrições para 242 mil bolsas do Prouni; veja como fazer

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images/iStockphoto

Terminam às 23h59 desta sexta-feira (9) as inscrições para o Prouni (Programa Universidade para Todos) do 1º semestre de 2018, que oferece 242.987 bolsas de estudo parciais e integrais em instituições de ensino superior privadas para estudantes de todo o país. O prazo foi aberto na última terça-feira (6).

Podem concorrer brasileiros sem diploma de curso superior que tenham feito o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em 2017 e que tenham alcançado no mínimo 450 pontos na média das notas, sem ter zerado a prova de redação. Para se inscrever, é preciso informar o número de inscrição do Enem 2017 e a senha mais atual cadastrada no sistema do Enem.

O resultado da primeira chamada está previsto para o dia 14 de fevereiro. Os aprovados deverão fazer matrícula entre os dias 15 e 23 de fevereiro.

Confira o cronograma do Prouni:

  • até 9/2 – período de inscrições
  • 14/2 – resultado da primeira chamada
  • 15/2 a 23/2 – matrícula e comprovação de informações da 1ª chamada
  • 02/3 – resultado da 2ª chamada
  • 02/3 a 09/3 – matrícula e comprovação de informações da 2ª chamada
  • 16/3 a 19/3 – prazo para participar da lista de espera

Para concorrer à bolsa integral, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Já para a bolsa parcial, de 50%, a renda familiar bruta deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Além disso, o candidato deve atender a pelo menos um dos requisitos abaixo:

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública;
  • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede particular, na condição de bolsista integral da própria escola;
  • Ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola da rede particular, na condição de bolsista integral da própria escola privada;
  • Ser pessoa com deficiência;
  • Ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrante de quadro de pessoal permanente de instituição pública e concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura. Nesses casos, não há requisitos de renda.

Do total de vagas, 113.863 são para bolsas integrais, das quais 37.604 são para cursos a distância. Já o número de bolsas parciais é de 129.124.

Como funciona

O Prouni é aberto duas vezes ao ano –uma no início do primeiro semestre e outra no início do segundo. As inscrições são gratuitas.

Ao efetuar sua inscrição no sistema, o candidato pode escolher, por ordem de preferência, até duas opções de instituições, curso e turno dentre as bolsas disponíveis.

Essas opções podem ser alteradas quantas vezes o candidato desejar ao longo do período de inscrições. O sistema considerará válida a última inscrição confirmada pelo candidato.

Uma vez por dia, o sistema do Prouni calcula uma nota de corte para cada curso, ou seja, a menor nota para ficar entre os potencialmente pré-selecionados. Ela tem base no número de bolsas disponíveis e no total de candidatos inscritos no curso.

O Prouni reserva bolsas para pessoas com deficiência e para candidatos que se autodeclararem PPI (pretos, pardos ou indígenas). O percentual de bolsas destinadas a cotistas é igual ao de cidadãos PPI em cada Estado, de acordo com o último censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos