PUBLICIDADE
Topo

Aulas presenciais voltarão nesta segunda em 16 cidades do estado do Rio

Volta acontecerá para alunos da 3ª série do ensino médio regular e do EJA - Krisanapong Detraphiphat/Getty Images
Volta acontecerá para alunos da 3ª série do ensino médio regular e do EJA Imagem: Krisanapong Detraphiphat/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

17/10/2020 18h19Atualizada em 18/10/2020 16h55

As aulas presenciais serão retomadas nesta segunda-feira (19) em 16 cidades do estado do Rio de Janeiro, incluindo a capital fluminense e os municípios de Niterói e Duque de Caxias. A volta acontecerá para alunos da 3ª série do ensino médio, nas modalidades regular e de EJA (Educação de Jovens e Adultos).

No último dia 9 de outubro, o governador em exercício, Cláudio Castro, afirmou que a retomada terá foco na preparação dos alunos para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). De acordo com a secretaria estadual de Educação, o retorno deve acontecer em 416 escolas estaduais. Juntas, elas atendem 63 mil alunos, que poderão optar por voltar ou não às aulas presenciais.

No sábado (17), a secretaria havia informado que o retorno aconteceria em 18 municípios. No domingo (18), no entanto, o número foi reduzido para 16. Procurada pelo UOL, a pasta disse se basear em documentos e publicações oficiais emitidas pelas prefeituras e secretarias municipais de Educação, podendo haver alterações nesse cenário, caso o município se manifeste quanto às medidas de flexibilização.

Os municípios que aderiram à reabertura das escolas nesta segunda são: Carapebus; Casimiro de Abreu; Duque de Caxias; Italva; Itatiaia; Macaé; Mesquita; Miracema; Natividade; Nilópolis; Niterói; Piraí; Rio de Janeiro; São Francisco de Itabapoana; São Pedro da Aldeia e Seropédica. Deixaram de fazer parte dessa lista as cidades de Macuco e Trajano de Morais.

Ainda segundo a secretaria, 27 escolas que ficam localizadas nessas cidades não retornarão às atividades presenciais neste momento porque suas equipes de direção declararam fazer parte do grupo de risco da covid-19. A pasta promete providenciar uma "solução administrativa" para a retomada das atividades nessas unidades educacionais ao longo da semana.

Nos demais municípios do estado, as atividades pedagógicas serão exclusivamente remotas, seja por decisão tomada por cada prefeitura ou devido à classificação laranja de contágio, como é o caso da região centro-sul fluminense.

Segundo a secretaria, mesmo sem haver aulas presenciais, todas as escolas da rede estadual permanecerão abertas para que os estudantes façam a retirada do material didático e do kit alimentação.