PUBLICIDADE
Topo

Unicamp 2023: Começa prazo para pedir redução parcial da taxa de inscrição

Lucas Lacaz Ruiz/Estadão Conteúdo
Imagem: Lucas Lacaz Ruiz/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

03/08/2022 04h00

Hoje, a partir das 9h, começa o prazo para pedir redução parcial da taxa de inscrição no vestibular 2023 da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), em São Paulo.

As solicitações podem ser feitas até as 17h do dia 5 pelo site da Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest). O resultado sai no dia 15.

Neste ano, a taxa de inscrição teve um acréscimo de R$ 12, ficando no valor de R$ 192. O pagamento pode ser feito até o dia 9 de setembro.

A organização do vestibular já divulgou os beneficiados com pedidos de isenção total. No total, 8.454 candidatos estão isentos do pagamento da taxa. Confira a lista no site: https://www.comvest.unicamp.br/vestibular-2023/isencao-2023/resultados/.

Mesmo quem recebeu o benefício de isenção precisa fazer a inscrição pela internet para o exame. As inscrições para o exame começaram no dia 1º de agosto e vão até 2 de setembro. Já as inscrições para a modalidade Enem-Unicamp serão realizadas em novembro.

O vestibular terá as provas aplicadas em novembro (1ª fase) e dezembro (2ª fase).

Cronograma da Unicamp

  • Solicitação da isenção da taxa de inscrição: 16 de maio a 20 de junho
  • Inscrições e pagamento: 1º de agosto a 2 de setembro, com pagamento até 9 de setembro deste ano
  • Provas de habilidades específicas (música): entre setembro e outubro de 2022
  • 1ª fase: 6 de novembro de 2022
  • 2ª fase: 11 e 12 de dezembro de 2022
  • Provas de habilidades específicas: 4 a 6 de janeiro de 2023
  • Divulgação da primeira chamada: 6 de fevereiro de 2023
  • Matrícula online da primeira chamada: 7 a 9 de fevereiro de 2023

Obras

A Unicamp decidiu manter a lista de obras de leitura obrigatória de 2022 para o vestibular 2023. Ao todo, são dez obras.

  • "Carta de Achamento do Brasil", de Pero Vaz de Caminha
  • "Niketche - Uma História de Poligamia", de Paulina Chiziane
  • "Tarde", de Olavo Bilac
  • "Bons Dias", de Machado de Assis
  • "Sonetos Selecionados de Luís de Camões"
  • "Sobrevivendo no Inferno", de Racionais Mc's
  • "O Seminário dos Ratos", de Lygia Fagundes Telles
  • "O Marinheiro", de Fernando Pessoa
  • "A Falência", de Júlia Lopes de Almeida
  • "O Ateneu", de Raul Pompeia

Para 2024, a lista vai ser reduzida a nove obras, com algumas alterações.