Topo

Termina hoje inscrição para interessados em trabalhar no Enem 2019

Werther Santana/Estadão Conteúdo
Imagem: Werther Santana/Estadão Conteúdo

22/07/2019 17h31

As inscrições para os interessados em trabalhar como fiscal na aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2019 terminam hoje.

De acordo com as determinações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), para atuar nos dias de aplicação das provas do Enem, os candidatos precisam ter ensino médio completo e serem servidores públicos em exercício do Poder Executivo Federal ou professores da rede estadual ou municipal de ensino.

A inscrição deve ser realizada no sistema da Rede Nacional de Certificadores (RNC). Durante a aplicação, o candidato poderá escolher até três municípios de atuação ou sub-regiões de preferência. As provas do Enem 2019 acontecerão em dois domingos, nos dias 3 e 10 de novembro.

O que é preciso para trabalhar no Enem?

Podem se inscrever servidores públicos federais regidos pela Lei nº 8.112 ou docentes da rede estadual ou municipal de ensino efetivo e registrados no Censo Escolar 2018. Também é requerido que o interessado tenha ensino médio completo.

O candidato não pode ter cônjuges, companheiros ou parentes entre os candidatos inscritos no Enem 2019 ou qualquer vínculo com as atividades do processo logístico de elaboração, impressão, distribuição e aplicação ou de observação da aplicação do Enem e nem com o processo de correção da redação.

Quando aprovados, os candidatos passam por um processo de capacitação para atuar segundo as normas do Inep durante a aplicação das provas. A data do curso de capacitação será divulgada aos aprovados pelo e-mail cadastrado no ato da inscrição.

Como fazer a inscrição para trabalhar no Enem?

O candidato que cumprir os requisitos deve se candidatar no sistema da Rede Nacional de Certificadores (RNC). A lista dos convocados será divulgada no mesmo endereço e no e-mail cadastrado durante a inscrição.

Quanto ganha quem trabalha no Enem?

A atividade desenvolvida pelos aplicadores do Enem está prevista no anexo do Decreto nº 6.092, de 2007 (elaboração de estudos, análises estatísticas ou relatórios científicos de avaliação) e tem o valor de R$ 342 por dia.

O valor é equiparado ao da hora do servidor público do Poder Executivo Federal de R$ 28,50.

Até quando é possível se inscrever para trabalhar no Enem?

O prazo de inscrição vai até o dia 22 de julho.

Mais Educação