UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Pais e Professores > PLANOS DE AULA

Reprodução

Artes

Movimento surrealista

Valéria Peixoto de Alencar*
Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação

Objetivos

1) Aprofundar o estudo sobre o movimento surrealista;

2) Utilizar a colagem como técnica na produção de obras.

Comentário introdutório

O movimento surrealista preocupava-se em trabalhar a linguagem do inconsciente, dos sonhos. Não o sonho no sentido de desejo, como por exemplo: "sonho com um mundo melhor", mas o sonho como o momento em que os elementos do nosso inconsciente afloram para a consciência.

Material

  • O texto Surrealismo, do site Educação é um bom ponto de partida.

  • Revistas antigas, tesoura, cola e papel canson.

    Estratégias

    1) Leitura e interpretação do texto sugerido.

    2) O professor deve levar para a sala de aula imagens de outros artistas surrealistas para que os alunos façam a análise do material. Os alunos também deve trazer outros materiais para uso na atividade.

    3) Esclarecer o que é essa imagem do inconsciente, dos sonhos, da imaginação, o "não real", o que não tem lógica aparente.

    4) Propor atividade prática.

    Atividade

    Os alunos realizarão sua obra surrealista. Pode ser a representação de um sonho que tiveram, uma imagem crítica da realidade ou até um tema proposto pelo professor.

    Para realizar a obra, utilizarão a técnica da colagem. Eles devem ter em mente a imagem que irão representar e recortar das revistas para realizar a composição.

    Lembrar aos alunos que eles precisam se preocupar em fazer representação que fujam do real, da lógica aparente. Por isso, a importância de se trabalhar a leitura de obras de diversos artistas surrealistas.

    Sugestões e dicas

    A leitura de imagem deve ser um exercício de mediação. Escute o que os alunos interpretam antes de dar as informações sobre a obra. Pode ser interessante a interdisciplinaridade com as disciplinas de História e Português para melhor contextualizar o movimento.

    *Valéria Peixoto de Alencar é historiadora formada pela USP e cursa o mestrado em artes no Instituto de Artes da Unesp. É uma das autoras do livro "Arte-Educação: Experiências, Questões e Possibilidades" (Editora Expressão e Arte).
  • Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

    Compartilhe:

      Receba notícias

      Inglês com a BBC Dicionários

      Aulete

      Português

      Houaiss

      Português

      Michaelis


      Tradutor Babylon


      Lição de Casa

      Shopping UOL

      Hospedagem: UOL Host