Água é vida





Autor Cristina Faganeli Braun Seixas




Objetivos

1) Reconhecer a importância da água para o surgimento e manutenção da vida, inclusive a nossa sobrevivência;

2) Analisar criticamente o uso deste recurso e verificar se ele é adequado ou indevido.

Comentário

A água é um recurso natural e seu uso descontrolado está se tornando alvo de muitas discussões: trata-se ou não um recurso inesgotável, quais as formas de tratamento deste bem, etc. Portanto, é de suma importância abordar este assunto de forma consciente e crítica, tentando incutir uma mudança de postura no consumo por parte dos alunos.

Estratégias

1) Propor questõs à sala, a fim de realizar um diagnóstico do que os alunos sabem sobre o assunto. Por exemplo:

a) Quanto de água o nosso corpo necessita diariamente? Por quê?

b) Esta quantidade é a mesma em toda nossa vida?

c) Em qual(is) parte(s) do corpo concentra(m) maior quantidade de água? Qual a relação disto?

d) Em outras espécies; a quantidade de água é a mesma?

2) A partir daí o professor poderá sistematizar, por meio de desenhos ou gráficos, elaborados juntamente com a professora de Matemática, a quantidade de água que existe em diferentes partes do corpo ou em diferentes espécies. Por exemplo, o homem, o vegetal, a água-viva etc.;

3) Em seguida, deve-se analisar a importância da água para a vida, podendo-se averiguar isso em diferentes formas de vida;

4) O professor também deve chamar a atenção dos educandos para o uso correto deste recurso. E, para isto, poderá solicitar a eles uma conta de água, para analisarem os seus dados (em especial, consumo X valor);

5) Elaborar, juntamente com os alunos, uma lista coletiva de postura, que se deve adotar na escola e em casa, a fim de evitar o desperdício da água.

Cristina Faganeli Braun Seixas
é bióloga e professora da Fundação Bradesco (Unidade I - Osasco)

UOL Cursos Online

Todos os cursos