Diabetes e comunidade





Autor Cristina Faganeli Braun Seixas




Objetivos

- Reconhecer a importância do pâncreas e a sua funcionalidade.

- Diferenciar diabetes tipo I e tipo II.

- Perceber as conseqüências que a diabetes provoca no organismo.

- Investigar dados dos familiares, analisando-os e ressaltando a importância do acompanhamento médico como forma de prevenção.

Introdução

A diabetes (ou o diabetes) é uma doença silenciosa e, por esse motivo, muitas vezes letal. Pelo fato de agir silenciosamente no organismo, grande parte da população que sofre de diabetes só descobre a doença quando ela se encontra em estado avançado. Trata-se de uma doença que ainda não tem cura, mas que, por meio de regime alimentar, do uso de medicamentos e do acompanhamento médico constante, pode ser administrada.

Procedimentos

1) Solicitar aos alunos que realizem a leitura do texto: Diabetes: doença afeta controle de níveis de glicose no sangue.

2) O professor deverá apresentar o formato e a localização do pâncreas no organismo humano, usando slides, torso ou desenhos.

3) Os alunos devem se expressar oralmente sobre a leitura do texto. O professor enfatizará as informações que julgar necessárias ou que não tenham sido apontadas pelos alunos.

4) Discutir com os alunos se algum familiar apresenta essa doença, como ocorre o controle dos níveis de açúcar no sangue, se existe algum sintoma, se há algum tratamento e de que maneira ocorre o acompanhamento médico.

5) Elaborar com os alunos questões para que realizem entrevistas com diferentes pessoas que apresentem a doença. A entrevista deve enfatizar a questão dos sintomas.

6) Depois de realizadas as entrevistas, tabular os dados, analisando-os.

7) Os alunos deverão construir diferentes gráficos, a fim de analisar e comparar os dados. Se necessário, solicitar a ajuda dos professores de matemática, a fim de que os alunos possam ter noções de estatística, porcentagem e elaboração de diversos tipos de gráficos.

Sugestões

1) A pesquisa poderá se estender às outras séries, aumentando assim a coleta de dados e permitindo a análise do índice parcial da presença do diabetes na população local.

2) Se o índice da doença for muito elevado, o professor poderá solicitar a presença de um médico, a fim de que esse profissional oriente os alunos e a comunidade sobre como proceder quando a doença é diagnosticada, formas de tratamento e controle e, antes, que sintomas indicam a ocorrência do diabetes.

Cristina Faganeli Braun Seixas
é bióloga e professora da Fundação Bradesco (Unidade I - Osasco)

UOL Cursos Online

Todos os cursos