Topo

Planos de aula

Ensino Fundamental

Português - Vícios de linguagem

Ana Rosa da Silva

Vícios de linguagem

Objetivo

Estudar os principais vícios de linguagem.

Comentário

Os vícios de linguagem são desvios das normas da gramática-padrão. Geralmente, acontecem por descuido ou até mesmo por desconhecimento. Os principais vícios de linguagem são:

1) Cacófato: consiste em criar um som desagradável pela união de duas ou mais palavras no enunciado da frase. Ex.: Pagou vinte por cada.

2) Pleonasmo: trata-se da repetição de um termo já expresso ou de uma idéia já sugerida, para fins de clareza. Ex.: Subir pra cima.

3) Colisão: ocorre com a repetição de consoantes iguais ou semelhantes, provocando uma dissonância. Ex.: Sua saia sujou.

4) Solecismo: é o erro de sintaxe quanto à concordância, regência ou colocação pronominal, que torna a frase imprecisa ou incompreensível. Acontece muito quando se quer levar para uma variedade de língua a norma de outra variedade. Como a norma coloquial para a norma exemplar. Exs.: A gente vamos. (Correto: A gente vai). Eu assisti o programa. (Correto: Eu assisti ao programa).

5) Barbarismo: é o desvio da norma culta no que diz respeito à grafia, à pronúncia, à semântica e à ortografia. O uso mais comum é: gratuíto por gratuito, rúbrica por rubrica, cidadões por cidadãos, blema por problema, tava por estava. Ex.: Se você o ver, diga-lhe que estou com saudades. (Correto: Se você o vir, diga-lhe que estou com saudades).

6) Neologismo: consiste na criação de palavras ou expressões novas na língua. Ex.: Vou deletar o arquivo que recebi. (Correto: Vou apagar o arquivo que recebi). Nesse caso, o verbo deletar, neologismo criado a partir da palavra inglesa delete, está sendo usado no lugar da palavra apagar, existente na nossa língua.

Observação: O neologismo não é considerado vício quando se cria uma palavra a fim de nomear algo para o qual não há um vocábulo na língua. Como, por exemplo, a palavra camelódromo, que é um lugar especial para reunir camelôs.

Estratégias

O professor deverá listar na lousa os seis tipos de vícios de linguagem. Depois, dividir a turma em seis grupos, sendo que cada grupo ficará responsável por um item. Para não haver favorecimento a nenhum grupo, essa divisão pode se dar por meio de sorteio.

Atividades

1) Solicitar aos alunos exemplos de vícios de linguagem referentes ao tipo de vício que eles sortearam.

2) Passar exercícios sobre o assunto. A correção poderá ser feita oralmente, entre os próprios grupos.

é professora de português do ensino fundamental e médio.

Mais Ensino Fundamental