UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Português

Formação de palavras

A estrutura da língua

Nelson Bedin
Do Stockler Vestibulares
Veja, abaixo, os principais processos de formação de palavras, recurso importante na criação dos neologismos.

Derivação

Diz-se que há derivação quando se cria uma palavra nova a partir de apenas uma palavra ou radical, por anexação, supressão ou mesmo pela simples alteração de sua classe. A derivação, portanto, poderá ser progressiva (afixos são incorporados a uma base), regressiva (elementos são suprimidos), imprópria (não se altera a forma, só a classe).

a) Derivação prefixal: o afixo é anteposto à base: amoral, prever, desordem, refazer.

b) Derivação sufixal: o afixo é posposto à base: capitalista, servente, gostoso, realizar, docemente.

c) Derivação prefixal e sufixal: há o emprego de prefixo e sufixo, embora não simultaneamente, pois existe a palavra derivada apenas com o prefixo ou apenas com o sufixo: infelizmente, deslealdade, desordenadamente.

d) Derivação parassintética: o prefixo e o sufixo são empregados simultaneamente, gerando a palavra nova obrigatoriamente com o emprego dos dois: anoitecer (não é possível retirar o prefixo: não existe "noitecer"), entardecer, repatriar, embarcar.

e) Derivação regressiva: o produto final é um substantivo abstrato formado pela supressão de elementos mórficos de determinados verbos: amparo (amparar), combate (combater), pouso (pousar). Se o substantivo é concreto, o verbo será formado por sufixação: azeitar (azeite), plantar (planta).

f) Derivação imprópria: não ocorrem acréscimos nem supressões, apenas uma mudança proposital da classe a que a palavra primitiva pertencia:
O anoitecer no sertão é deslumbrante. - verbo transformado em substantivo.

-"O beijo da mulher aranha" está em cartaz. - substantivo transformado em adjetivo.
-Ninguém gosta de ouvir um não. - advérbio transformado em substantivo.

OBS: O desembarque foi muito alegre. O desembarcar foi muito alegre.
Radical - barc
Derivação parassintética - embarcar
Derivação prefixal - desembarcar
Derivação regressiva - desembarque
Derivação imprópria - o desembarcar

Composição

Quando se cria uma palavra nova a partir de duas ou mais palavras ou radicais já existentes, dando ao produto um sentido novo. Há dois processos distintos de composição, caso ocorra ou não alteração fonética dos elementos formadores:

a) Justaposição - não ocorre alteração fonética, reconhecendo-se os elementos formadores em sua integralidade: passatempo, malmequer, amor-perfeito, pé-de-moleque.

Obs.: O vocábulo girassol mantém as bases "gira" e "sol", ocorrendo o acréscimo de "s" apenas por uma exigência ortográfica, não ocorrendo alteração fonética.

b) Aglutinação - as palavras ou radicais que vão entrar na composição sofreu, previamente, alterações fonéticas. Dá-se o nome de metaplasmo às mudanças de forma, seja por acréscimo ou por supressão. Assim, para ocorrer a aglutinação, os elementos formadores são submetidos a metaplasmos de supressão:
Aférese - supressão fonética no início, como ocorre na linguagem coloquial: ta por está.
Síncope - supressão fonética no interior, como ocorre na linguagem coloquial: pra por para.
Apócope - supressão fonética no final, como ocorre na linguagem coloquial: mó por mor (antes, maior).

Analisemos um interessante exemplo de aglutinação e sua evolução.
Em português: Vossa Mercê
Apócope de Vossa: Vos
Síncope de Mercê: mecê
Palavra composta aglutinada: vosmecê
Síncope de vosmecê: você (forma aceita pelo padrão culto)
Aférese de você: ocê (variante popular)
Aférese de ocê: cê (variante popular)

Em espanhol: Vuestra Merced
Aférese, síncope e apócope de Vuestra: ust
Aférese de Merced: ed
Palavra composta por aglutinação: usted (correspondente ao português "você").

Outros exemplos de aglutinação:
Aguardente - água + ardente
Planalto - plano + alto
Embora - em + boa + hora
Fidalgo - filho + de + algo

*Nelson Bedin é professor de português do Stockler Vestibulares, cursinho fundado em 1984, em São Paulo.
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Dicionários

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Dicas de Português Banco de Redações

    Redações avaliadas por uma equipe especializada em correção de prova de vestibular e Enem

    Ditados Revisão Testes e Simulados Revistas e Sites

    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host