UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Últimas Notícias

30/04/2008 - 21h42

"Berimbau é instrumento de quem tem poucos neurônios", diz coordenador de medicina da UFBA

Bruno Aragaki
Em São Paulo
  • Comente as declarações do professor baiano


  • Depois de afirmar que os alunos da UFBA (Universidade Federal da Bahia) foram mal no Enade (antigo provão) "por causa do baixo QI [quociente de inteligência] dos baianos", o coordenador de medicina da universidade, Antônio Dantas, 69, foi além e disse: "o berimbau é o tipo de instrumento do indivíduo quem tem poucos neurônios".

    Em entrevista à rádio BandNews FM de Salvador nesta quarta-feira (30), Dantas não retirou as declarações feitas à Folha de S.Paulo sobre os baianos e sobre o instrumento musical utilizado na capoeira.

    Arquivo Pessoal
    MP-BA apura se afirmações do professor Dantas, 69, são racistas
    "BAHIA ESTÁ ESTAGNADA"
    BERIMBAU E NEURÔNIOS
    REITOR CRITICA AS FALAS
    UBALDO DEFENDE BAIANOS
    "Só sai aquele barulho, 'pu pu pu pu pu pu'. Isso por acaso indica qualidade intelectual muito elevada? Não", afirmou.

    Reações

    As declarações do coordenador provocaram reações dentro e fora da comunidade acadêmica.

    O Senado e os Ministérios Públicos Federal e Estadual pediram ao reitor da UFBA, Naomar Almeida, o afastamento do professor.

    "Embora não faça referência direta à questão étnica, a declaração caracteriza preconceito racial e em relação à população baiana", disse o promotor de Justiça e combate à discriminação racial do MP-BA, Almiro Sena.

    O representante dos estudantes de medicina, Alencastro Vinícius Vilas Boas, classificou as declarações do coordenador de "piada". Vilas Boas justificou as médias baixas no Enade com um "boicote promovido pelas organizações estudantis, que são contra a prova".

    O estudante afirmou ter enviado à reitoria documento pedindo afastamento do coordenador.

    Segundo a assessoria de imprensa da UFBA, a demissão do coordenador não cabe ao reitor, mas à "congregação do curso", formada por professores e alunos.

    "Na hipótese de Dantas pedir demissão do cargo, ela será imediatamente aceita pelo diretor da Faculdade", disse a assessoria.
    Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

    Compartilhe:

      Receba notícias

      Lição de Casa Dicionários

      Aulete

      Português

      Houaiss

      Português

      Michaelis


      Tradutor Babylon


      Intercâmbio

      Shopping UOL

      Hospedagem: UOL Host