UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Últimas Notícias

09/05/2009 - 06h00

Das 55 federais, 26 já decidiram que vão usar o novo Enem no vestibular 2010

Ana Okada
Simone Harnik
Em São Paulo
O número de universidades federais que decidiram adotar o novo Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) no vestibular 2010 já chega a 26. Dentre as 55 federais do país, sete afirmaram que não vão utilizar a nova prova do MEC (Ministério da Educação).

  • "Adesão é supreendente", diz ministro


  • VEJA AS UNIVERSIDADES QUE ADERIRAM AO NOVO ENEM
    Arte/UO
    Ao todo, 22 instituições ainda precisam decidir se vão usar o Enem no processo seletivo de ingresso. O prazo para que as federais informassem se iriam ou não usar o novo Enem terminaria nesta sexta-feira (8). No entanto, ele foi prorrogado pelo ministério.

    As instituições que pretendem utilizar a prova do MEC como única avaliação para ingresso de candidatos no vestibular 2010 precisam declarar o interesse até a data limite de 20 de maio. As demais, que podem empregar apenas a nota do Enem na composição da nota final, devem confirmar sua intenção até o fim de maio.

    Os Institutos Federais também deverão utilizar o novo Enem no vestibular 2010, segundo nota divulgada pelo MEC. Essa decisão já era defendida pelo ministro desde o final de abril. Ao todo, 215 mil estudantes estão na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. A intenção do governo é que, até o final de 2010, o total de alunos seja de 500 mil.

    Formas de adesão

    Das 26 universidades que já confirmaram o uso do novo Enem, 14 decidiram abolir a prova do vestibular e trocá-la pelo novo Enem. Essas instituições de ensino farão parte de um sistema informatizado do ministério.

    Nesse sistema, o candidato que fizer o Enem 2009 e buscar uma vaga no ensino superior poderá escolher até cinco federais e concorrer às vagas a partir de seu desempenho na avaliação.

    Outras seis instituições de ensino optaram por eliminar apenas a primeira fase do vestibular. Nesses casos, o vestibulando será classificado para a segunda fase do processo seletivo de cada universidade a partir de seu desempenho na prova do MEC.

    Há ainda três federais que decidiram usar o Enem como um percentual da nota de sua seleção. Outras três confirmaram o uso do Enem, mas ainda debatem a maneira de aplicá-lo.

    O levantamento

    O UOL Educação contatou as instituições de ensino superior federais para checar se seus conselhos já haviam votado a adoção ou não da prova do MEC. Só foram consideradas as decisões formais - especulações e tendências sobre o uso da nota do Enem foram descartadas.

    Confira no mapa a situação da federal de seu interesse

    O mapa será atualizado conforme novas decisões forem tomadas.

    Como é o novo Enem?

    De acordo com a proposta do MEC, a prova do novo Enem será realizada em dois dias. Com 200 testes de múltipla escolha, serão avaliadas as áreas de linguagens; códigos e suas tecnologias (incluindo redação); ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias.

    Ao se inscrever para a prova, o estudante terá o direito de optar por cinco cursos e instituições e, de acordo com a nota, simular a posição no curso pretendido, em comparação com as notas dos demais concorrentes. No sistema unificado, os pesos das provas podem ser diferentes, caso a instituição queira.

    A proposta prevê a aplicação do novo Enem em 3 e 4 outubro e a divulgação das provas em 4 de dezembro. A divulgação do resultado final, com a correção das redações, foi sugerida para 8 de janeiro do próximo ano.

    Leia mais

    Confira 20 perguntas e respostas sobre o novo Enem
    Banco de Redações: treine para a redação do Enem
    Não há perspectiva de substituir primeira fase da Fuvest por novo Enem
    Conselho aprova uso do novo Enem em vestibulares de Institutos Federais
    Inglês fica de fora do novo Enem em 2009, diz MEC
    Novo Enem é ruim para avaliar a qualidade do ensino médio, diz pesquisadora
    Mapa Enem 2008: veja onde ficam as 20 melhores escolas
    No Enem 2008, 74,3% das escolas do país ficam abaixo da média nacional
    RS tem mais escolas com bom desempenho no Enem 2008; veja a situação de seu Estado
    Desempenho de escolas estaduais é prejudicado por baixo investimento, diz ministro
    Melhor do Brasil no Enem 2008 tem ensino integral e faz prova aos sábados
    Rio empalca sete escolas entre as melhores; veja ranking por Estado


    Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

    Compartilhe:

      Receba notícias

      Sobre o Enem Revisão Testes e Simulados Banco de Redações

      Redações avaliadas por uma equipe especializada em correção de prova de vestibular e Enem

      Lição de Casa

      Shopping UOL

      Hospedagem: UOL Host