UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Últimas Notícias

24/08/2009 - 13h43

Reitoria da UFF apura denúncia de abuso sexual em trote

Da Redação
Em São Paulo
Atualizada às 19h18

A UFF (Universidade Federal Fluminense) anunciou nesta segunda-feira (24) que vai abrir sindicância para apurar a denúncia de abuso sexual durante a recepção de calouros da faculdade de direito da instituição.

Em nota, a universidade afirma que "repudia a atitude de alunos veteranos que recebem calouros com trote violento" e "repele os trotes que geram constrangimento, violência e discriminação". O reitor Roberto Salles determinou a abertura de comissão de sindicância para a apuração dos fatos.

Oito veteranos teriam dito a uma caloura que ela teria que fazer sexo oral para não ter que pagar a cota de R$ 250, que é exigida dos novatos para a festa dos calouros. Segundo a coluna de Ancelmo Gois, publicada no jornal O Globo, os veteranos teriam dito à jovem que ela teria duas opções: "fazer sexo oral neles e ser promovida à condição de veterana ou beijá-los na boca". A queixa não foi formalizada.

Caso seja comprovada a agressão, os acusados podem ser suspensos ou até expulsos da universidade. A apuração pode durar até 30 dias.

Leia mais

Calouro fica em coma alcoólico durante trote em SP
Especialista recomenda fim de qualquer tipo de "trote"
Veja imagens da matrícula na USP, em 2009
Calouros na Unifesp, UFSCar, Uepa, Unicamp, Mackenzie e UFG
Calouros da USP participam de simulação de júri do caso Isabella
Calouros da USP cobram "pedágio" de motoristas na Faria Lima
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Lição de Casa Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Intercâmbio

    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host