UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Últimas Notícias

24/08/2009 - 18h12

USP decide boicotar o Enade 2009

Da Redação
Em São Paulo
A USP (Universidade de São Paulo) decidiu que não vai participar do Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) de 2009. O exame do MEC (Ministério da Educação) é utilizado como uma das medidas da qualidade do ensino superior no país.

Este ano, com a universalização do Enade, a participação da USP na prova voltou a ser estudada. A determinação de não integrar o Enade foi tomada em reunião do Conselho de Graduação, na última quinta-feira (20). Segundo a universidade, há duas razões principais para não participar da prova.

O primeiro motivo alegado é o de que a avaliação dos cursos fica prejudicada pela impossibilidade de distinguir entre um "eventual desempenho insatisfatório no exame" e "um possível boicote intencional por parte do aluno".

Em segundo lugar, para a universidade, a avaliação do ensino superior realizada pelo MEC devia ser mais complexa do que é atualmente.

"Os resultados do Enade e informações coletadas junto aos alunos, referentes a infra-estrutura e recursos pedagógicos, compõem majoritariamente os indicadores adotados pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). Entretanto, outros fatores devem ser considerados importantes dentro de um contexto mais amplo de avaliação da qualidade dos cursos de graduação e de instituições de ensino superior", diz nota enviada pela assessoria de imprensa da universidade.

A USP, no entanto, afirma considerar a participação em avaliações de "suma importância" e diz estar à disposição dos órgãos federais competentes para "contribuir para o aprimoramento do processo de modo a viabilizar sua participação futura".

Enade universal

O Inep, que realiza a prova, informou que o exame seria universal no fim de 2008. O fato de não ser aplicado a todos os ingressantes e concluintes era o empecilho apontado pela USP para não participar da prova até 2008.

Uma das principais críticas da universidade ao exame era o sistema de amostragem da prova. Segundo elas, a amostra podia não representar a totalidade do curso. Agora, novos argumentos foram levantados para não integrar o exame.

Enade 2009

Neste ano, o Enade será realizado em 8 de novembro. Participarão todos os estudantes do final do primeiro ano de curso e do último ano de curso das áreas selecionadas.

É considerado ingressante o aluno que concluiu até 1º de agosto entre 7% e 22% da carga horária mínima do currículo de sua graduação. O estudante concluinte é aquele que concluiu até 1º de agosto pelo menos 80% da carga horária mínima de seu curso ou que tenha condições acadêmicas de conclusão do curso no ano letivo de 2009.

Serão avaliados os cursos de graduação em administração, arquivologia, biblioteconomia, ciências contábeis, ciências econômicas, comunicação social, design, direito, estatística, música, psicologia, relações internacionais, secretariado executivo, teatro e turismo, além de duas áreas novas, as de estatística e relações internacionais. Serão avaliados também, pela primeira vez, os cursos superiores de tecnologia em design de moda, gastronomia, gestão de recursos humanos, gestão de turismo, gestão financeira, marketing e processos gerenciais.

As inscrições ocorrerão até 31 de agosto. Ficam dispensados do Enade os estudantes que colarem grau até 31 de agosto e os que estiverem oficialmente matriculados e cursando atividades curriculares fora do Brasil, na data de realização do exame, em instituição conveniada com a de origem do aluno. Ingressantes e concluintes ausentes em edições anteriores precisam regularizar a situação para fazer a prova.

O Inep divulgará, até 10 de setembro, a lista dos estudantes que participarão do exame e, até 26 de outubro, os respectivos locais de aplicação das provas. O manual do Enade 2009 está previsto para ser divulgado em 31 de março. Nele, estarão especificados os procedimentos técnicos indispensáveis para a realização da prova.

Leia mais
Veja lista de dispensados no Enade 2009
USP debate participação no Enade
Enade será universal a partir de 2009, confirma Inep
"Enade é um bom indicador para escolha de curso", diz Inep
MEC define data de aplicação do Enade 2009
Enade 2008 foi aplicado para 564.415 universitários
Confira as respostas do Enade 2008
Enade 2007: 33 cursos de odontologia "sob supervisão" são particulares
Cursos "inadequados" formam 1 em cada 4 médicos do país
SP tem a sexta pior avaliação do Brasil
20 instituições particulares têm 32% dos piores cursos
Aluno terá acesso a avaliação de instituições
Apenas 25 graduações no Brasil têm nível de excelência
Nenhum curso particular obtém nível de excelência no Enade 2007
Associação de particulares distribui panfleto contra CPC
MEC cria novos conceitos para avaliar curso superior
Para entender os conceitos do Enade
Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Compartilhe:

    Receba notícias

    Sobre o Enade Lição de Casa Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host