UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Últimas Notícias

05/12/2009 - 15h37

Em Salvador, candidata deixa de fazer o Enem 2009 para vacinar filho contra meningite

Luiz Francisco
Especial para UOL Educação
Em Salvador
Empregada doméstica, Marialva Santana, 23, deixou de fazer a prova do Enem neste sábado (4) para vacinar seu filho, Diogo, 3, contra a meningite meningocócica, doença que já provocou a morte de 48 pessoas na Bahia.

  • O que você achou das provas do Enem 2009?

  • "Fiquei desesperada com as mortes que aconteceram em Salvador e preferi perder a prova. Mais importante para mim é a saúde do meu filho", disse Marialva. Como a rede pública da Bahia não oferece a vacina contra o tipo mais grave da doença, Marialva Santana teve de desembolsar R$ 110 pela vacina. "É um sacrifício para mim, mas meu filho está acima de tudo."

    Quando deixou sua casa, na periferia de Salvador, a empregada doméstica não imaginava que as clínicas particulares da capital baiana que aplicam a vacina estavam superlotadas - em média, 800 pessoas são atendidas por dia em cada unidade. "Antes do surto, a gente vacinava, no máximo, 20 pesssoas por dia", disse Ivana Aguiar, 26, atendente de uma clínica. "Quando cheguei aqui (à clínica) peguei a senha 126. Como tenho de trabalhar na segunda, tomei a decisão de não fazer a prova", afirmou a empregada doméstica.

    178 casos de meningite no Estado

    Levantamento da Secretaria Estadual de Saúde da Bahia mostra que até 3 de dezembro foram confirmados 178 casos de meningite meningocócica - tipo C - em todo o Estado, resultando em 48 mortes. De acordo com a pasta, a contaminação vem se mantendo constante nos últimos anos, com pequeno aumento em 2009, principalmente no município de Salvador, onde ocorreu um aumento na incidência e na letalidade.

    Os casos estão distribuídos por 12 distritos do Estado e a faixa etária atingida variou de três meses a 66 anos, sendo que o maior risco de adoecer está na faixa etária de 1 ano. A maior incidência ocorreu no distrito de Itapuã, com 21 casos e três óbitos este ano. Já em 2008, foram confirmados na Bahia 137 casos de meningite tipo C e 26 óbitos.

    Em comparação com o mesmo período de 2008 com 2009, está ocorrendo na capital baiana um aumento do número de casos de meningite meningocócica, sendo 56 casos e 15 mortes em 2008 e 100 casos e 25 óbitos em 2009 - crescimento de 44% do total de casos.
    Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

    Compartilhe:

      Receba notícias

      Sobre o Enem Revisão Testes e Simulados Banco de Redações

      Redações avaliadas por uma equipe especializada em correção de prova de vestibular e Enem

      Lição de Casa

      Shopping UOL

      Hospedagem: UOL Host