UOL EducaçãoUOL Educação
UOL BUSCA

Biografias

Político alemão

Willy Brandt

16/12/1913, Lübeck, Alemanha
8/10/1992, Bonn, Alemanha

Da Página 3 - Pedagogia & Comunicação

[creditofoto]

[creditofoto]

Willy Brandt ganhou o prêmio Nobel da paz em 1971

No dia 7 de dezembro de 1970, o chanceler Willy Brandt assinou em Varsóvia o acordo de normalização das relações entre Alemanha e Polônia. Willy Brandt se ajoelhou diante do memorial às vítimas do nazismo, entrando para a história como símbolo da busca alemã pela reconciliação.

Filho de uma jovem solteira, Herbert Ernst Frahm não chegou a conhecer o pai. Foi criado pela mãe e pela avó, ambas social-democratas. Em 1930, ainda adolescente, Brandt ingressou no Partido Social Democrata da Alemanha (SPD), aderindo um ano mais tarde a uma ala mais radical do partido.

Em 1933 assumiu o codinome Willy Brandt, na clandestinidade, perseguido pela Gestapo, a polícia secreta dos nazistas. Nesse mesmo ano, exilou-se na Noruega, onde passou a trabalhar como jornalista. Em 1938 perdeu a cidadania alemã, cassada pelos nazistas.

Depois da Segunda Guerra, Willy Brandt retornou à Alemanha e voltou a militar no Partido Social Democrata de Berlim. Em 1948 recuperou a cidadania alemã. No ano seguinte, foi eleito para o primeiro parlamento da Alemanha Ocidental. Ferrenho anticomunista e socialista pragmático, rapidamente cresceu dentro do Partido Social Democrata.

Em 1957, tornou-se prefeito de Berlim Ocidental. Nesse cargo, Willy Brandt teve atuação importante na crise entre 1958 e 1962, época em que foi construído o Muro de Berlim. Foi o começo da assim chamada "Östpolitik", a tentativa de superar os efeitos da divisão da Alemanha e da Europa, na base de um reconhecimento de sua realidade.

Brandt foi candidato do Partido Social Democrata para a presidência em 1961 e 1965. Em 1966 tornou-se ministro das Relações Exteriores da Alemanha, numa coalisão com os democratas cristãos.

Em 1969 Willy Brandt tornou-se chanceler da República Federativa da Alemanha, ou Alemanha Ocidental. Seu mandato caracterizou-se pela implementação da "Östpolitik" e pela abertura da Alemanha Ocidental para o exterior. Concluiu um tratado de não-agressão com a União Soviética e também se aproximou da Polônia e da Tchecoslováquia. Finalmente atuou na aproximação com a República Democrática da Alemanha, ou Alemanha Oriental, cujo regime comunista estava ligado ao bloco soviético.

Em 1971 Willy Brandt ganhou o Prêmio Nobel da Paz. Entretanto, em 1974, um escândalo em seu gabinete envolvendo espionagem forçou-o a renunciar. Dois anos depois, foi eleito membro do Parlamento Europeu e, em 1977, assumiu a presidência da Internacional Socialista.

Até sua morte, aos 78 anos, Willy Brandt continuou participando ativamente da política alemã.

Compartilhe:

    Receba notícias

    Lição de Casa Dicionários

    Aulete

    Português

    Houaiss

    Português

    Michaelis


    Tradutor Babylon


    Shopping UOL

    Hospedagem: UOL Host