Expressionismo: Características e autores

Assunto: artes

Valéria Peixoto de Alencar*
Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação

Para entender as características da pintura expressionista, sua história e os sentimentos expressados pelos quadros, observe a figura ao lado e responda a estas questôes: Quem é a pessoa retratada? Homem? Mulher? Por que grita? Onde está? Quais sensações e sentimentos a figura provoca em você? Como o artista representou o céu?




O Grito, de Edvard Munch
"O Grito", de Edvard Munch (1893).

"O Grito" é uma das obras mais importantes do movimento expressionista. No quadro há uma figura andrógina (não é possível afirmar se é homem ou mulher), num momento de desespero e angústia. Ao fundo, está a doca de Oslofjord (em Oslo, Noruega) durante o pôr-do-sol.

Conseguir expressar toda essa angústia por meio de pinceladas, como no quadro acima, com fundo distorcido e cores "irreais" são algumas características do expressionismo.

Esse movimento teve força principalmente na Alemanha, no início do século 20. Pretendia realizar uma pintura dramática, angustiante, com sensações dolorosas sobre o destino do homem.

Surgido como desdobramento do pós-impressionismo, teve forte influência de Van Gogh e do simbolismo, de onde tirou a prática de colocar "mensagens ocultas" nas obras.

Características da pintura expressionista


  • Deformação da imagem visual e cores resplandecentes, vibrantes, fundidas ou separadas.
     
  • O pintor recusa o aprendizado técnico e pinta conforme as exigências de sua sensibilidade. O pincel (ou a espátula) vai e vem, fazendo e refazendo, empastando ou provocando explosões.
     
  • Preferência pelo patético, trágico e sombrio. O artista vive não apenas o drama do homem, mas também da sociedade.

    A Ponte e O Cavaleiro Azul
    Reprodução
    "Outono na Bavária", de Vassili Kandinski, (1908).

    Dois grupos são diretamente identificados com o expressionismo: "A ponte" (Die Brücke, em alemão), em Dresden (1905-1913), e "O cavaleiro azul" (Der Blaue Reiter, também no mesmo idioma), em Munique (1911-1914).

    Os membros do "A ponte" eram mais envolvidos com questões políticas e mais agressivos em seus trabalhos. Faziam parte do grupo, dentre outros, Ernst Ludwig Kirchner e Emil Nolde.

    Reprodução
    "A Família Enferma",
    de Lasar Segall (1920).

    Em "O cavaleiro Azul" (que mais tarde terá seus desdobramentos na Bauhaus e no abstracionismo) encontramos artistas voltados, inicialmente, à espiritualidade. Seus principais membros são Vassili Kandinski, Paul Klee e August Macke.

    Influência no Brasil
    O expressionismo influenciou e impulsionou o movimento modernista. Foi com a exposição de Anita Malfatti, em 1917, que Mário de Andrade tomou conhecimento das correntes de vanguarda que aconteciam na Europa. Outro artista que produziu no Brasil e tem forte influência do expressionismo foi Lasar Segall.


     

Valéria Peixoto de Alencar*
Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação *Valéria Peixoto de Alencar é historiadora formada pela USP e cursa o mestrado em Artes no Instituto de Artes da Unesp.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos