Estrutura das palavras: Elementos mórficos ou morfemas

Patrícia Cordeiro Sbrogio, Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação

As palavras são constituídas por diferentes unidades significativas chamadas de elementos mórficos ou morfemas.
Exemplos:
gatinho: gat - inh - o
cachorrinhos: cachorr - inh - o - s

Os morfemas que constituem as palavras são os seguintes:



  • Radical: é o elemento irredutível que informa o significado básico da palavra. As palavras que possuem o mesmo radical são as famílias de palavras ou palavras cognatas.
    Exemplo: folha, desfolhar, folhagem, folhinha.
  • Afixos: são os morfemas que se unem ao radical para formar novas palavras. Quando os afixos aparecem antes do radical são chamados de prefixos (infeliz, refazer, desmentir); quando aparecem depois do radical são chamados de sufixos (crueldade, felizmente, lealdade).
  • Desinências: são elementos que aparecem depois do radical para indicar as flexões de gênero e número, de modo-tempo e número-pessoa das palavras variáveis. Podem ser nominais e verbais:
    a) Desinências nominais - indicam o gênero e o número das palavras.
    Exemplo:

    meninas: menin a s
        gênero número
        feminino plural

    b) Desinências verbais - indicam o modo e o tempo (desinências modo-temporais), o número e a pessoa (desinências número-pessoais) dos verbos.
    Exemplo:

    falávamos Fal - (radical)
      -a- (vogal temática)
      -va- (desinência modo-temporal - pretérito imperfeito do indicativo)
      -mos (desinência número-pessoal - 1a pessoa do plural)
  • Vogais temáticas: são as vogais que possibilitam a ligação entre o radical e as desinências.
    Exemplos:
    amava: am - a - va
    pedisse: ped - i - sse
    carta: cart - a
    livro: livr - o
    mares: mar - e - s

    NOTE: As vogais temáticas não se associam necessariamente à noção de gênero (masculino e feminino) como as desinências nominais.

    As vogais temáticas, nos verbos, indicam a conjugação a que eles pertencem:
    Falar: vogal temática -a-, que indica a 1a conjugação.
    Viver: vogal temática -e-, que indica a 2a conjugação.
    Pedir: vogal temática -i-, que indica a 3a conjugação.
  • Tema: é o radical acrescido da vogal temática. Portanto, o tema é o radical pronto para receber as desinências.
    Exemplos:
    amava (tema: ama - )
    vendemos (tema: vende -)
  • Vogais e consoantes de ligação: intercalam-se na palavra, normalmente entre o radical e o sufixo (ou entre radicais, em algumas palavras compostas), para facilitar a pronúncia.
    Exemplos:
    - Consoantes de ligação - paulada, chaleira, cafeteira.
    - Vogais de ligação - cafeicultura, gasômetro.
     

Patrícia Cordeiro Sbrogio, Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação é formada em Letras pela Universidade de São Paulo e professora de Língua Portuguesa na rede particular de ensino do Estado de São Paulo.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos