A um mês do Enem 2012, estudante deve focar em simulados e redação

Suellen Smosinski
Do UOL, em São Paulo

A um mês do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2012, não é mais hora de tentar aprender conteúdos novos. Os candidatos devem aproveitar os dias que faltam para o exame para fazer simulados e provas de anos anteriores, treinar a redação e revisar disciplinas em que ainda tenham dúvidas. Segundo professores ouvidos pelo UOL, descansar nos finais de semana também é importante nessa fase.

As provas do Enem 2012 serão realizadas nos dias 3 e 4 de novembro por mais de 5,7 milhões de estudantes

“O mais importante é que não adianta falar que vai revisar todo o conteúdo para o Enem, porque é toda a vida escolar do aluno, é um programa muito grande. Se ainda houver algum simulado, semelhante ao exame, faça para treinar. Treino é muito importante. Pegue a prova do ano passado ou retrasado e refaça”, orientou Vera Lúcia da Costa Antunes, coordenadora do Curso e Colégio Objetivo.

Alimentação

  • Rafael Wainberg/Shutterstock/SXC/Flavio Florido

    Segundo Vera Lúcia, os vestibulandos devem ter muito cuidado com a alimentação: "Tem que se preocupar com a alimentação porque é um desgaste grande [a rotina de provas]. Uma pessoa bem nutrida não se cansa com facilidade e tem uma resistência maior"

Respiração e relaxamento

Segundo a professora, ao fazer as provas o aluno deve simular o ambiente do dia do exame: marcar o tempo, não levantar, não comer. “O Enem é uma prova cansativa, por isso tem que treinar para não ter  cansaço e conseguir ficar quatro horas concentrado”, afirmou. Ela compara o candidato a um atleta: “O vestibulando é um esportista, igual o nadador, o corredor, ele tem que treinar”. 

Para Paulo Motta, professor do departamento de psicologia evolutiva, social e escolar da Unesp (Universidade Estadual Paulista), revisar o conteúdo é sempre bom. “O candidato só não pode começar revisando matérias que não sabe nada. Não dá para querer aprender agora, se fizer isso só vai arrumar confusão para a cabeça. Não dá mais tempo”, disse.

De acordo com Motta, o candidato também não pode achar que está tudo bem e que já sabe tudo, pois tem sempre alguma coisa que ele não sabe tão bem ou alguma dica que pode ser útil no dia da prova. Por isso, a revisão é importante, se for feita para tirar dúvidas.

Essa é outra dica dos professores: não deixar passar nenhuma dúvida. “Se ficar com dúvida, pergunte. Não pode falar que uma dúvida não tem importância, porque pode ser a matéria que cai na prova”, afirmou Vera Lúcia.

Vera Lúcia também lembra que os candidatos devem treinar a redação. “Não custa pegar temas anteriores e fazer. Temas propostos por professores também valem a pena. Eu faria pelo menos duas redações por semana. Quanto mais o aluno fizer, melhor ele se sairá”.

Finais de semana devem ser de descanso

“Chega no final de semana o candidato tem que sair, tem que ir para a balada sim. Não dá pra ficar na neura e esquecer de sair, de passear, tem gente que esquece até de comer. Não pode encanar desse jeito”, afirmou Motta.

Segundo o professor, o estudante deve lembrar que já fez tudo que era possível a essa altura do campeonato e evitar as cobranças excessivas. “Também é bom evitar os amigos neuras, que só sabem falar do exame e o que vai cair”, observou o professor.

Vera Lúcia concorda que os finais de semana de agora para frente devem ser dedicados ao descanso. “Claro que tem que ser organizado. Não deu tempo de fazer a redação na semana, faz no sábado ou no domingo. Mas vá ao teatro, ao cinema, ao parque, fique na internet. É preciso fazer alguma coisa que relaxe, algo de que se goste”, disse.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos