Topo

Biografias


Cosimo di Médici Banqueiro e mecenas renascentista florentino

27/9/1389, Florença, Itália

1/8/1464, Florença, Itália

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

12/12/2005 09h28

Cosimo Giovanni di Medici foi o iniciador da dinastia Medici que governou Florença durante a maior parte do Renascimento. Também era conhecido como Cosimo, o Antigo, ou Cosimo Pai da Pátria.

Herdou do pai, o banqueiro Giovanni di Médici, a fortuna, a saúde e o talento para os negócios. Em 1433 foi exilado de Florença, mas, numa reviravolta da política, retornou à República no ano seguinte para governá-la até o fim de sua longa vida.

No âmbito político, Cosimo atuou de modo a estabelecer a paz no Norte da Itália através do equilíbrio de poder entre Florença e Veneza, e desencorajando a interferência de outras potências, como a França e o Sacro Império Romano.

Cosimo também se destacou pelo patrocínio da cultura e das artes, gastando generosamente a fortuna da família (que ele aumentou consideravelmente) para enriquecer Florença.

Foi ele quem bancou o jovem arquiteto Michelozzo Michelozzi a criar aquele que é hoje o protótipo do "palazzo" florentino, o austero e magnífico Palazzo Médici. Ele sustentava e era amigo dos pintores Fra Angélico, Fra Filippo Lippi e do escultor Donatello, a quem encomendou as famosas peças "Davi" e "Judith decapitando Holofernes".

Ao morrer, foi sucedido por Pietro, o Gotoso, pai de Lorenzo, o Magnífico, cujo cognome basta para demonstrar sua importância na República florentina. De fato, Lorenzo foi um dos maiores políticos e patrono das artes nessa cidade-Estado.