Cirurgião brasileiro

Euryclides de Jesus Zerbini

07/05/1912, Guaratinguetá (SP)<br> 23/10/1993, São Paulo (SP) ​





Autor Da Página 3 Pedagogia & Comunicação




  • [creditofoto]

    O dr. Euryclides Jesus Zerbini foi um dos pioneiros na técnica dos transplantes de coração

    O dr. Euryclides Jesus Zerbini foi um dos pioneiros na técnica dos transplantes de coração

O dr. Euryclides de Jesus Zerbini foi o quinto médico do mundo a realizar o transplante de coração. Ele dizia: "Operar é divertido, é uma arte, é ciência e faz bem aos outros".

Em 1935, com 23 anos formou-se em medicina pela Universidade de São Paulo e, mais tarde, especializou-se no Hospital das Clínicas em cirurgia geral. Nos Estados Unidos estudou cirurgia toráxica, cardíaca e pulmonar. Começou a dedicar-se à cirurgia intracardíaca em 1945.

Em 1957 iniciou experiências para abertura do coração, em animais, utilizando circulação extracorpárea. Na Universidade de Minneapolis, nos Estados Unidos, foi colega do dr. Christian Barnard, o primeiro cirurgião a realizar um transplante cardíaco.

Em 26 de Maio de 1968, realizou-se no Hospital das Clínicas, em São Paulo, pela equipe de Zerbini, o primeiro transplante de coração da América Latina. Realizado sem a droga ciclosporina, capaz de evitar a rejeição do órgão transplantado pelo organismo, o paciente viveu somente cerca de um mês. Em 1985, com descoberta da droga, a mesma cirurgia foi realizada com grande sucesso em um paciente portador da doença de Chagas.

O último transplante de coração feito pelo Dr. Zerbini e sua equipe aconteceu em 7 de janeiro de 1969. O êxito do cirurgião foi de grande importância não só nos meios científicos nacionais, mas também internacionais, trazendo para o país a admiração e o respeito das outras nações e tornando o Brasil um dos mais avançados centros de cirurgia cardiológica do mundo.

Professor da USP, criou o Centro de Ensino de Cirurgia Cardíaca, que se transformaria no Instituto do Coração (Incor), em 1975. Mais tarde, fazendo parte do Incor, surgiu a Fundação Zerbini para o Desenvolvimento da Bioengenharia, que também exporta tecnologia. Durante seus 58 anos de carreira, recebeu 125 títulos honoríficos e inúmeras homenagens de governos de todo o mundo. Realizou mais de 40 mil cirurgias cardíacas, pessoalmente ou por meio de sua equipe.

UOL Cursos Online

Todos os cursos