PUBLICIDADE
Topo

François Arago Físico e astrônomo francês

26 de fevereiro de 1786, Estagel (França)

2 de outubro de 1853, Paris (França)

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

06/03/2009 19h17

Dominique François Jean Arago iniciou seus estudos em Perpignan, seguindo depois para Paris, onde frequentou a École Polytechnique. Aos 19 anos foi nomeado secretário do Observatório de Paris e, logo depois, junto com o físico e astrônomo Jean-Baptiste Biot, completou a medida de um arco do meridiano terrestre.

No ano de 1809, Arago foi eleito para a Academie des Sciences, assumindo no mesmo ano o cargo de professor de geometria analítica na École Polytechnique. De 1809 a 1830, dedicou-se exclusivamente à ciência.

Em 1830, ingressa na política, como deputado republicano. Em 1848, é nomeado ministro da Marinha.
 

Luz e eletromagnetismo

Dos trabalhos de Arago no domínio da física ressaltam, por sua importância, as descobertas da polarização cromática da luz e a polarização rotatória. Em 1811, trabalhando com Augustin Jean Fresnel, descobriu um novo processo de decompor a luz branca.

As investigações de Arago e Fresnel sobre os fenômenos de polarização vieram confirmar a teoria ondulatória da luz.

Importante, também, foi a contribuição de Arago para o progresso dos estudos dos fenômenos eletromagnéticos. As obras completas de Arago foram publicadas, de 1854 a 1862, em 13 volumes.
 

Enciclopédia Mirador Internacional