Topo

Biografias


Galeno Médico grego

129 ou 130, Pérgamo, atual Bergama (antiga Grécia, atual Turquia)

entre 200 e 216, talvez Roma (Itália)

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

2009-10-24T12:27:00

24/10/2009 12h27

Galeno de Pérgamo, também conhecido como Cláudio Galeno, estudou filosofia - principalmente os estóicos - e medicina. Após inúmeras viagens de estudo, adquiriu grande experiência atuando como médico de gladiadores, em Roma, onde também foi médico de Cômodo, herdeiro presuntivo do trono do imperador Marco Aurélio.

Médico da corte romana durante os impérios de Cômodo (180-192) e Pértinax (192-193), é possível que tenha retornado à sua terra natal no fim da vida.

Inferior apenas a Hipócrates, Galeno é considerado o fundador da fisiologia experimental. De sua vasta obra, cerca de 400 livros, apenas 98 chegaram até nós, mas na forma de fragmentos ou através de traduções árabes.

De inteligência fora do comum, Galeno não escreveu apenas sobre medicina, mas também tratou de gramática, filosofia e literatura. Pelo fato de ter seu nome usado em obras que não escrevera, deixou um catálogo no qual lista os títulos de sua autoria: De propriis libris.

Na opinião de Galeno, o corpo é apenas um instrumento da alma. E cada organismo se constitui segundo um plano lógico estabelecido por um ser supremo, arquiteto e guia do universo.

Apesar de seus erros, frutos de sua tentativa de aplicar ao corpo humano o que descobrira em animais dissecados, Galeno foi o primeiro a descrever os nervos cerebrais e a distinguir os nervos motores dos sensoriais.

Seus estudos de anatomia foram revolucionários: seccionou e examinou a medula espinal, descreveu o coração (membranas e válvulas), compreendeu o mecanismo da pequena circulação, descreveu o aneurisma e demonstrou que os rins secretam urina. Finalmente, contrariando o que a Escola de Alexandria afirmara durante quatro séculos, provou que as artérias contêm sangue e não água.

As ideias de Galeno dominaram a medicina europeia durante cerca de mil anos.
 

Enciclopédia Mirador Internacional; Dicionário Oxford de Literatura Clássica