Escritor, jornalista e dramaturgo irlandês

George Bernard Shaw

26/07/1856, Dublin, Irlanda<br> 02/11/1950, Ayot St. Lawrence, Inglaterra​





Autor Da Página 3 Pedagogia & Comunicação




  • [creditofoto]

    Bernard Shaw ganhou o Nobel de literatura em 1925

    Bernard Shaw ganhou o Nobel de literatura em 1925

Filho de uma família protestante, Bernard Shaw teve uma instrução irregular, recebendo aulas particulares de um tio.

Aos 16 anos seus pais se separaram e sua mãe e sua irmã foram morar em Londres. Ele ficou com o pai em Dublin e passou a trabalhar em um escritório. Com o desejo de se tornar escritor, também mudou-se para Londres em 1876.

Bernard Shaw escreveu cinco romances (o primeiro deles intitulado "Immaturity"), sem publicá-los. Acabou se envolvendo com a política e, ao fazer comícios, desenvolveu um discurso enérgico, percebido em seus textos.

Com Beatrice e Sidney Webb fundou a Fabian Society, uma organização que visava transformar a Grã-Bretanha num estado socialista por meio de uma legislação progressista, com base na educação das massas.

Shaw dava palestras e escrevia panfletos. Paralelamente Shaw trabalhou como crítico de arte e crítico musical e, posteriormente, como crítico teatral para a "Saturday Review".

Em 1891, escreveu sua primeira peça, "The Widower's Houses". Ao longo dos anos seguintes, produziu mais de uma dúzia de peças, embora poucos teatros de Londres quisessem produzi-las. São dessa época "Arms and The Man" e "Mrs.Warren's Profession".

Em 1898, após uma enfermidade, Shaw se aposentou como crítico teatral e se casou com Charlotte Payne-Townsend, uma irlandesa de posses. O casamento durou até a morte de Charlotte, em 1943.

Em 1912, Shaw escreveu "Pigmaleão", que se transformaria no musical "My Fair Lady".

O escritor permaneceu atuante na Fabian Society, no governo da cidade e nos comitês encarregados de eliminar o rigor da censura na dramaturgia e de fundar um teatro nacional subsidiado.

O início da guerra, em 1914, representava, para Shaw, a queda do sistema capitalista e um trágico desperdício de jovens. O escritor passou a expressar suas opiniões em uma coluna jornalística, intitulada Consenso sobre a guerra. Esses artigos se transformaram em um desastre para a imagem de Shaw, que passou a ser tratado como um despatriado e até um traidor.

Shaw só conseguiu escrever uma única grande peça durante os tempos da guerra, "Heartbrake House", na qual projetava sua amargura e desesperança em relação à política e à sociedade britânicas.

Após a guerra, Shaw produziu uma série de cinco peças, entre elas "Back to Methuselah" e "Saint Joan". Em 1925, ganhou o prêmio Nobel de Literatura.

Em 1950, Shaw caiu de uma escada, quando enfeitava uma árvore em sua propriedade, na cidade de Hertfordshire, arredores de Londres. Faleceu poucos dias depois devido a complicações do acidente, aos 94 anos de idade.

UOL Cursos Online

Todos os cursos