PUBLICIDADE
Topo

Giorgio de Chirico Pintor italiano

10-7-1888, Volos, Grécia

19-11-1978, Roma

Do Klick Educação

17/08/2015 20h58

Filho de um engenheiro ferroviário da Sicília, De Chirico estudou em Atenas e em Munique antes de se mudar para Itália, em 1909. Sua carreira divide-se em várias etapas: a partir de 1910, desenvolveu um período "metafísico" durante o qual fundou a Escola Metafísica em Ferrara (1917), juntamente com Carlo Carrà; depois de 1920, um período "mitológico-romântico". No entanto, De Chirico é considerado, antes de mais nada, um precursor do surrealismo, bem como um dos mais notáveis pintores da primeira metade do século 20. Em seus quadros, misteriosos e absurdos, que estilisticamente vão do realismo satírico ao realismo mágico, De Chirico gosta de confrontar motivos da Antiguidade Clássica com outros do moderno mundo da técnica, conseguindo freqüentemente um efeito irônico (O Enigma do Oráculo, 1916; As Musas Inquietantes, 1916). Em sua maturidade retomou a tradição da Escola Metafísica (Auto-retrato com Bustos de Minerva, 1956). Outras obras de destaque são A Recompensa da Adivinha (1913), Mistério e Melancolia de uma Rua (1914) e O Grande Metafísico (1917).