PUBLICIDADE
Topo

Herbert Von Karajan Regente austríaco

5/4/1908, Salzburgo, Áustria

16/7/1989, Salzburgo, Áustria

Da Página Três Pedagogia & Comunicação

10/08/2005 14h55

"Eu me sinto como se estivesse entrando no paraíso quando piso numa sala de concerto." Assim definiu a sua arte o maestro Herbert Von Karajan, um dos mais famosos, controvertidos e talentosos regentes de todos os tempos. O produtor teatral Otto Schenk certa vez comentou que Karajan não era apenas um músico: "Ele era toda uma época".

De família de origem grega, Herbert Ritter Von Karajan começou a estudar piano aos quatro anos de idade e fez sua primeira aparição pública aos nove. Estudou no Conservatório Mozarteum, em Salzburgo, entre 1916 e 1926. Encorajado pelo maestro Bernhard Paumgartner, seu professor, ingressou na Academia de Música de Viena para estudar regência.

Em 1929 regeu a ópera "Salomé", em sua cidade natal. Entre 1929 e 1934 foi diretor de orquestra da Ópera de Ulm, na Alemanha. Data desta época sua adesão ao regime nazista. Em 1933 Karajan estreou no Festival de Salzburgo, regendo a ópera "Fausto", de Charles Gounod. No ano seguinte, regeu a Filarmônica de Viena pela primeira vez.

Em 1938 Herbert Von Karajan começou uma longa carreira à frente da Orquestra Filarmônica de Berlim, que duraria até o final da Segunda Guerra. Com a derrota da Alemanha, a proximidade de Karajan com o regime nazista trouxe-lhe dificuldades profissionais. Sua reabilitação definitiva aconteceu em 1948, quando foi nomeado titular da Orquestra Filarmônica de Londres.

Na condução da Filarmônica de Londres Karajan realizou gravações históricas, em parceria com o produtor musical Walter Legge, que lhe trouxeram renome internacional. Em 1954 ,Karajan passou a reger a Orquestra Sinfônica de Berlim, uma das orquestras mais prestigiadas do mundo. Sua carreira só foi interrompida em 1989, por motivos de saúde.

Herbert Von Karajan morreu neste mesmo ano, de ataque cardíaco, quando preparava os ensaios de "Um Baile de Máscaras", de Giuseppe Verdi.