Topo

Biografias


Imre Nagy Primeiro-ministro húngaro<br />de 1953 a 1955 e em 1956

19-6-1896, Kaspovar

16-6-1958, Budapeste

Do Klick Educação

17/08/2015 20h58

Nagy foi preso pelos russos durante a Primeira Guerra Mundial e abraçou a causa do comunismo. Descendente de camponeses, exerceu grande influência no movimento camponês húngaro. Depois do exílio em Moscou, foi dirigente do Partido Comunista húngaro. Introduziu no país as estruturas socialistas da democracia popular enquanto ministro da Agricultura (1944-1945) e do Interior (1946). Foi afastado do partido em 1949 por divergências com Matyas Rakosi, de tendência stalinista, mas com a morte de Stálin foi nomeado primeiro-ministro em 1953. Foi destituído em 1956 com a vitória da facção stalinista do PC e excluído do partido em outubro de 1956. Nesse ano, assumiu a liderança da revolta húngara e foi de novo primeiro-ministro. Sua declaração de neutralidade da Hungria em relação ao Pacto de Varsóvia provocou a intervenção russa, que esmagou a revolta anti-soviética. Foi preso por acusação de perjúrio, deportado e condenado à morte num processo secreto e, finalmente, executado. János Kadar substituiu-o como primeiro-ministro.