Topo

Biografias


James Clerk Maxwell Físico escocês

13 de junho de 1831, Edinburgh (Escócia, Grã-Bretanha)<p>5 de novembro de 1879, Cambridge (Inglaterra, Grã-Bretanha)

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

2009-03-12T16:54:00

12/03/2009 16h54

James Clerk Maxwell estudou em Edinburgh e no Trinity College, em Cambridge, onde se formou no ano de 1854. Lecionou física em Aberdeen, na Escócia, e física e astronomia no King's College, em Londres.

Com a morte de seu pai, deixou o magistério a fim de administrar a propriedade da família e dedicar-se ao estudo. Instado por amigos e admiradores, assumiu a recém-criada cátedra de física experimental (1871) na Universidade de Cambridge.

Maxwell escreveu, aos 15 anos de idade, um trabalho sobre um método mecânico de traçar curvas ovais perfeitas. O trabalho despertou o interesse do físico James Forbes, que o leu na Royal Society de Edinburgh.

Três anos depois, Maxwell voltou a atrair a atenção dos meios científicos com sua monografia Sobre o equilíbrio dos sólidos elásticos.

No período de pós-graduação, em Cambridge, dedicou-se à pesquisa matemática. Desenha, então, o "disco de Maxwell", para estudo da fusão de cores. Inicia, nessa época, seus estudos sobre eletricidade, sob influência da obra Pesquisas Experimentais de Eletricidade, de Faraday.

Em 1857, seu ensaio Sobre a Estabilidade dos Anéis de Saturno é premiado pela Universidade de Cambridge. Nesse trabalho, importante para o desenvolvimento da física, comprova a teoria de que os anéis de Saturno são constituídos de partículas independentes e não de fluidos ou de discos sólidos.

Em seguida, Maxwell presta significativa contribuição à teoria cinética dos gases, ao calcular-lhes o livre percurso médio das moléculas. Prova, ainda, ser a viscosidade do gás independente de sua densidade.

Eletromagnetismo

No campo da eletricidade, Maxwell nos legou a sua principal obra científica.

Em 1863, toma parte num programa organizado pela Royal Society de Londres, destinado a estabelecer uma unidade absoluta de resistência elétrica. Maxwell procura, então, oferecer uma explicação para a inter-relação eletricidade-magnetismo.

Com base nos trabalhos experimentais de Faraday, estabelece as célebres equações - conhecidas como "equações de Maxwell" - do eletromagnetismo. Com esse trabalho, ele demonstra que a ação eletromagnética viaja pelo espaço em ondas transversais semelhantes às da luz e com a mesma velocidade. Conclui, daí, serem luz e eletricidade, em última instância, idênticas.

As teorias de Maxwell levaram às descobertas de Heinrich Hertz sobre as ondas de rádio, de tão profundas consequências na vida moderna.

De volta à Cambridge, no último período de sua vida, Maxwell cria ali o Laboratório Cavendish, destinado a desempenhar importante papel no desenvolvimento da física teórica e experimental.

De sua obra escrita, além dos trabalhos já referidos, merecem destaque o manual Teoria do Calor e o tratado elementar Matéria e Movimento. Mas seu trabalho fundamental é o Tratado sobre Eletricidade e Magnetismo, de 1873.

Enciclopédia Mirador Internacional; Oxford Dictionary of Scientists

*Veja errata.