Topo

Biografias


James Joyce Escritor irlandês

02-2-1881, Dublin

13-1-1941, Zurique

Do Klick Educação

2015-08-17T20:58:11

17/08/2015 20h58

Joyce, a quem a complexidade privou da popularidade, é um dos importantes renovadores da literatura contemporânea. Em seu romance Ulisses, narra 19 horas de um dia, 16 de junho de 1904, da vida de um cidadão dublinense, Leopold Bloom. A descrição precisa da consciência interior do protagonista, dotada de reflexões, associações e paralelismos, permitiu que Ulisses atingisse a exatidão na análise da vida. Combinando diversos modos de percepção (com referências míticas e históricas), além da calculada ausência do narrador, Joyce confronta o leitor com a ruptura do tratamento dos protagonistas na literatura tradicional. Devido às suas obscenidades, o romance foi censurado na primeira edição de 1922, em Paris, publicado na íntegra apenas em 1956. A primeira obra em prosa, Dublinense, com 15 contos, foi publicada em 1914, embora tenha sido escrita entre 1904 e 1912. O tema central é a nostalgia da vida e o choque entre ilusão e realidade. No romance Retrato do Artista Quando Jovem, autobiográfico (1916), Joyce descreve o desenvolvimento e a formação de Stephen Dedalus, jovem hipersensível, sufocado pelo ambiente de sua Dublin natal, que se estabelece como artista no exílio. Utiliza o monólogo interior para mostrar a consciência do protagonista, marcando uma mudança histórica da literatura moderna. Em Finnegan's Wake, de 1939, um dos romances mais complexos da literatura, Joyce tentou apresentar diversos níveis narrativos com um único objetivo artístico, assim como despojar a obra de qualquer interpretação única. Finnegan's Wake, um "livro noturno", foi interpretado como uma lenda mística universal, refletindo o mundo como um pesadelo, contraponto ao "livro diurno", Ulisses.