PUBLICIDADE
Topo

Laurence Fishburne Ator e diretor norte-americano

30 de julho de 1961, Augusta, Estado da Geórgia (EUA)

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

02/02/2009 19h00

Ainda que tenha nascido no Estado da Geórgia, nos EUA, Laurence John Fishburne 3º cresceu com sua mãe, a professora Hattie Fishburne, no bairro do Brooklyn, em Nova York. Foi ela quem o entusiasmou a seguir a carreira artística. Assim, quando ainda era um menino, entre 1973 e 1976, Laurence interpretou Josuah West Hall, um garoto adotado, na comédia "One Life to Live". Mais tarde, quando jovem, ele integraria o famoso Actor's Studio.

Depois de gravar por 18 meses, nas Filipinas, o filme "Apocalypse Now", de Francis Ford Coppola, Laurence Fishburne conseguiu a visibilidade de que necessitava. A partir daí, apareceu em sucessivos filmes: "Rumble Fish" (1983), "The Cotton Club" (1984), "Gardens of Stone" (1987), "A cor púrpura" (1986), de Steven Spielberg, e "Lute pela coisa certa" (1988), de Spike Lee.

Depois de atuar no filme "Two Trains Running", de August Wilson, Fishburne recriou o papel na Broadway, em 1992, ganhando vários prêmios, incluindo o Tony Award. A seguir, ganhou um Emmy por sua aparição como artista convidado na série "Tribeca", da Fox.
 

Encontro com o sucesso

Nos anos seguintes, Fishburne atuaria em inúmeros filmes, inclusive no papel do ciumento Otelo, na filmagem da tragédia shakespeariana feita por Oliver Parker. Seu maior sucesso - e também seu maior êxito comercial - viria no papel de Morpheus, na trilogia "Matrix", como um líder revolucionário de características "zen".

Fishburne foi indicado ao Oscar por seu papel como Ike Turner no filme "A Verdadeira História de Tina Turner", de 1993, e debutou como diretor em "Once in the Life" (2000), uma adaptação de sua obra "Riff Raff", que ele escrevera por volta de 1995 e encenara na Broadway.

No final de 2008, Fishburne foi escolhido para atuar na série "CSI: Crime Scene Investigation", substituindo o protagonista William Petersen (Gil Grissom, na série). A escolha não foi fácil, pois disputavam o papel os atores John Malkovich e Kurt Russell.

Laurence Fishburne foi nomeado embaixador da UNICEF em junho de 1996, pois é um defensor das vítimas de minas terrestres e dos direitos das crianças em todo o mundo.
 

Folha de S. Paulo; El País