PUBLICIDADE
Topo

Léon Blum Primeiro-ministro francês

9-4-1872, Paris

30-3-1950, Jouy-en-Josas

Do Klick Educação

17/08/2015 20h58

Blum era membro da burguesia judaica francesa. Depois de uma participação ativa no Caso Dreyfus (1898-1899), fundou em 1902, com Jean Jaurès, o Partido Socialista Francês, que em 1905 se fundiu com a social-democrata SFIO (Seção Francesa da Internacional Operária). Como seu presidente (1914-1940), Blum foi primeiro-ministro em 1936-1937, liderando o governo da Frente Popular. Foi o estimulador de importantes reformas sociais (semana de trabalho de 40 horas, férias pagas, contratos liberais coletivos), mas não conseguiu vencer a oposição conservadora, que contestou sua política econômica e financeira. Na política externa, as forças de direita também travavam qualquer iniciativa, e por isso o governo de Blum adotou uma atitude passiva na Guerra Civil Espanhola (1936-1939). Assim, os comunistas retiraram seu apoio ao governo de coligação. Seu sucessor no cargo foi Édouard Daladier. Esteve preso no campo de concentração nazista de Buchenwald entre 1943 e 1945. Em 1946-1947, voltou ao cargo de primeiro-ministro da França.