PUBLICIDADE
Topo

Lion Feuchtwanger Romancista e dramaturgo alemão

7-7-1884, Munique

21-12-1958, Los Angeles

Do Klick Educação

17/08/2015 20h58

Filho de um industrial, após concluir os estudos na universidade iniciou suas atividades como dramaturgo e crítico teatral. Mais tarde, Feuchtwanger dedicou-se à tradução de peças de teatro hindus, gregas e espanholas. Socialista e pacifista convicto, participou em 1918–1919 dos acontecimentos revolucionários da Alemanha. Em 1933, quando se encontrava nos Estados Unidos, seus livros foram queimados publicamente na Alemanha nacional-socialista juntamente com os de outros de autores de vanguarda. Exilado de seu país, viveu até 1940 no sul da França e, perante a ameaça alemã, fugiu para os Estados Unidos. O tema de seus romances é principalmente a história da Alemanha e dos judeus. Suas obras mais significativas são Jew Suss (1925) e as trilogias A Sala de Espera (1930-1940) e Josephus (1932, 1935 e 1945).