PUBLICIDADE
Topo

Louis Malle Diretor de cinema francês

30-10-1932, Thumeries

23-11-1995, Los Angeles, Califórnia

Do Klick Educação

17/08/2015 20h58

Louis Malle, importante diretor francês, adquiriu parte de sua experiência como cineasta atrás das câmeras com Jacques Yves Cousteau. Seu primeiro filme, Fim-de-Semana no Elevador (1957) era, além de um excelente policial, uma obra-prima da Nouvelle Vague. Filmes como Os Amantes (1958) deram-lhe a fama de contador de histórias baseadas em paixões destrutivas, sem ceder aos caprichos do argumento. Malle rodou, entre outros, Viva Maria (1965), desenrolado na Revolução Mexicana, com Brigitte Bardot e Jeanne Moreau como protagonistas; Sopro no Coração (1971), que aborda o incesto; A Menina Bonita (1978), que transcorre num bordel; Atlantic City (1980), com Burt Lancaster. O filme Adeus, Meninos (1987) obteve o Leão de Ouro no Festival de Veneza. Em Perdas e Danos (1992) o tema é a dependência sexual de um famoso político à sua futura nora.