Topo

Biografias


Milton Friedman Economista norte-americano

31/07/1912, Nova York, EUA

16/11/2006, São Francisco, EUA

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

2006-11-17T13:42:00

17/11/2006 13h42

Milton Friedman foi um dos mais destacados economistas do século 20 e um dos mais influentes teóricos do liberalismo econômico. Nascido no bairro do Brooklyn, em Nova York, filho de imigrantes ucranianos, Friedman completou sua educação básica com menos de 16 anos de idade, mesmo tendo perdido o pai, e se formou na universidade graças a uma bolsa de estudos e grandes sacrifícios financeiros.

No auge da Grande Depressão (1932), Friedman concluiu seus estudos na Universidade Rutgers. Cursou o mestrado em Economia na Universidade de Chicago e trabalhou com Frank Knight que se destacava por suas teses conservadoras. Nessa época Friedman começou a pensar na idéia de que a solução para os problemas de uma sociedade é dada por um sistema de competitividade e liberdade absoluta.

Friedman foi colunista da revista semanal "Newsweek" e membro do Departamento Nacional de Pesquisas Econômicas dos Estados Unidos. Apesar de recusar qualquer cargo político, foi conselheiro dos presidentes norte-americanos Ricaherd Nixon, Gerald Ford e Ronald Reagan e do governo chileno do general Pinochet. Teve também uma aproximação com Margaret Tatcher, a dama de ferro britânica.

Publicou numerosos livros sobre as diversas áreas que abordou, da macroeconomia à microeconomia, teoria monetária, estatística e história econômica. No mais famoso desses livros, "Capitalismo e Liberdade" (1962), Friedman teceu as bases do seu pensamento, argumentando que a liberdade econômica é uma condição essencial para a liberdade das sociedades e dos indivíduos. Suas idéias, quase incompreensíveis nos anos 1960, fizeram-no ganhar o Prêmio Nobel de Economia de 1976.