PUBLICIDADE
Topo

Nikolai Ivanovich Bukharin Revolucionário russo

9-10-1888, Moscou

15-3-1938, Moscou

Do Klick Educação

17/08/2015 20h58

Bukharin, que estudou economia e que em 1906 se uniu ao setor bolchevique do Partido Operário Social-Democrata Russo, foi um dos teóricos marxistas mais destacados, além de jornalista e de colaborador próximo de Vladimir I. Lenin a partir de 1912. Desde então foi uma das figuras dirigentes dos bolcheviques, embora freqüentemente tenha entrado em conflito com a linha dura do Partido. Após alguns anos no exílio, regressou em 1917 à Rússia e, durante a Revolução de Outubro (1917), organizou o levantamento bolchevique em Moscou. Bukharin formulou os princípios da economia soviética (Economia da Etapa de Transformação, 1920), embora criticasse o crescimento demasiadamente acelerado do socialismo nos anos 20. Nikolai Bukharin ocupou importantes cargos políticos e no Partido (1917-1934, membro do Comitê Central; 1918-1929, redator-chefe do Pravda; 1924-1929, membro do Politburo do Partido Comunista, integrado apenas por cinco pessoas; 1926-1929, presidente do Comitê Executivo do Komintern). Após a morte de Lenin, de início tomou partido por José V. Stalin contra Trotski e a oposição de esquerda, mas a partir de 1928 foi considerado por Stalin como possível rival e presumível líder da oposição de direita, razão pela qual foi afastado do poder em 1929. Mais tarde, depois de uma reconciliação formal, recebeu o lugar de redator-chefe do Izvestia (1934),. No entanto, em 1937 foi preso e um ano mais tarde, em 1938, foi condenado à morte no terceiro falso processo de Moscou e executado nesse mesmo ano. Em 1988, durante a era de Mikhail Gorbachev, foi reabilitado jurídica e politicamente.