PUBLICIDADE
Topo

Raul Cortez Ator paulista

28/08/1932, São Paulo (SP)

18/07/2006, São Paulo (SP)

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

20/07/2006 18h55

De família espanhola, Raul Christiano Machado Pinheiro de Amorim Cortez não se tornou advogado, como era o desejo de seu pai. Durante o curso de direito, apaixonou-se pela arte de representar. O pai nunca o perdoou e jamais o viu atuar.

A estréia de Raul Cortez nos palcos foi em "Eurídice", contracenando com Cleyde Yaconis e Walmor Chagas. Pouco depois já integrava a Companhia Cacilda Becker. Ator de teatro, cinema e televisão, em 50 anos de carreira, participou de mais de 20 peças e de 30 filmes. Por cinco vezes recebeu o prêmio Molière.

Nos palcos, representou protagonistas ou personagens essenciais de obras clássicas ou de vanguarda, de autores universais como Molière, Gorki, Edward Albee e Jean Genet, ou ainda de dramaturgos nacionais, como Nelson Rodrigues, Oduvaldo Vianna Filho e Mário Bortolotto. Também atuou sob a direção de nomes de destaque na cenografia brasileira: Ziembienski, José Celso Martinez Correa e Antunes Filho.

Conquistou fama junto a um público mais amplo ao participar de telenovelas, na Rede Globo. Na telinha, protagonizou personagens inesquecíveis como os italianos Jeremias Berdinazi, em "O Rei do Gado" (1996), e Francesco Magliano em "Terra Nostra" (1999).

O sucesso na TV, entretanto, não o levou a deixar de lado o teatro. No ano 2000, fez o "Rei Lear", de Shakespeare, contracenando com a filha Ligia Cortez. Seu último trabalho foi uma participação na minissérie "JK" exibida pela rede Globo no início de 2006.

Raul Cortez foi casado com a atriz Célia Helena e a promoter Tânia Caldas, e teve duas filhas. O ator morreu aos 74 anos, vítima de um câncer contra o qual lutava há cerca de um ano e meio.