PUBLICIDADE
Topo

Sun Yat-Sen Revolucionário e político chinês

12-11-1866, Xiangshan, Guangdong

12-3-1925, Pequim

Do Klick Educação

17/08/2015 20h58

Sun Yat-Sen, filho de camponeses cristãos e médico de profissão, tornou-se líder da oposição republicana após a derrota contra o Japão em 1894-1895 e a conseqüente agonia do império chinês. Sun Yat-Sen, que vivera no estrangeiro desde os 13 anos, em 1898, depois de uma tentativa de insurreição, encabeçando a sua Sociedade para o Despertar da China (Xingzohnghui), foi forçado a exilar-se no Japão, nos EUA e na Europa. Em 1905, fundou em Tóquio a Liga Revolucionária Unida (Tongmenhui), que propunha os "três princípios do povo" (Snminzhuyi): a modernização da China na base do nacionalismo, a democracia liberal e o bem-estar social. Durante a revolução de 1911-1912, depois de pôr fim ao domínio dos mandarins, Sun Yat-Sen assumiu o cargo de chefe do governo provisório, cedendo o posto pouco depois (1912) a Shikai Yuan. A ditadura exercida por este último forçou Sun Yat-Sen a exilar-se de novo, mas, nesse mesmo ano, fundou o primeiro partido chinês de estilo ocidental, o Kuomintang (Partido Nacionalista), reorganizado em 1924 segundo o modelo soviético. Em 1917, em plena guerra civil, Sun Yat-Sen estabeleceu um governo em Cantão, do qual assumiu a chefia em 1921. A morte sobreveio-lhe ás vésperas do confronto entre o PC chinês e o Kuomintang, entregue ao mandato de seu genro e sucessor Chang Kai-Chek. O seu legado espiritual e político estabeleceu as bases do movimento de renovação nacional da China que antecedeu a Revolução Comunista. Sun Yat-Sen é venerado, tanto na República Popular da China como em Formosa, como o precursor da China moderna.