Topo

Pesquisa escolar

Química


Cálculo estequiométrico - Equação química, reação e reagentes

Perseu Lúcio Alexander Helene de Paula

O cálculo estequiométrico é um assunto muito abordado nos vestibulares. Vamos tentar entender:

Para fazermos um bolo simples é necessário respeitar uma receita padrão:

3 xícaras de farinha de trigo

4 ovos

1 copo de leite

É evidente que aqui não levaremos em conta o recheio. Este fica a critério do freguês.Observe então:

Podemos identificar que a receita nos traz os ingredientes e suas quantidades.

No Cálculo Estequiométrico, temos a mesma situação. Para resolvê-lo precisamos de uma receita (reação) que traga os ingredientes (reagentes e/ou produtos) e suas quantidades (coeficientes estequiométricos da reação).

Exemplo:

 

Por analogia,
temos:

 

Devemos lembrar que as quantidades em uma reação não podem ser dadas em xícaras, copos e etc., mas em quantidade de matéria (mols). Assim a reação em exemplo estabelece uma proporção:

 

Para cada mol de carbono são necessários 2 mols de gás hidrogênio e meio mol de gás oxigênio. Se pusermos para reagir 2 mols de carbono, será necessário dobrar a receita.

 

Em tempo, a quantidade de matéria (mol) é equivalente à massa molar de uma substância ou então a 6,02 . 10²³ moléculas e se for um gás que esteja nas condições normais de temperatura e pressão, o mol pode significar 22,4 litros.

Perseu Lúcio Alexander Helene de Paula é professor de química desde 1985.

Mais Química