Topo

Conae: Livros didáticos e escolas terão de incluir temática LGBT

Simone Harnik

Em Brasília

31/03/2010 17h00

Os temas sobre orientação sexual e homossexualidade terão de aparecer nos livros didáticos e nas salas de aula. Pelo menos, foi essa a decisão da Conae (Conferência Nacional de Educação), que acontece em Brasília até amanhã (1º).

Segundo o presidente da ABGLT (Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais), Toni Reis, o movimento LGBT está satisfeito com a conferência. “Saímos vitoriosos. Se o país cumprir o que foi aprovado, a homofobia na escola está com os dias contados”, afirma.

Moacyr Lopes Júnior/Folha Imagem
Temas sobre orientação sexual e homossexualidade terão de aparecer nos livros didáticos, segundo decisão da Conae

A Conae pretende traçar diretrizes para a educação do país, que podem ser incorporadas no Plano Nacional de Educação. É este plano que define o que será prioridade no ensino brasileiro nos próximos dez anos.

Além da presença nos livros escolares, a temática LGBT deverá ser ensinada nas faculdades e cursos de formação de professores. Além disso, de acordo com Reis, a conferência definiu que o livro didático não poderá ter conteúdos que discriminam homossexuais. “É o fim das piadas sobre gays nos livros”, diz.

Propostas LGBT na conferência

O movimento LGBT levantou três propostas na Conae: o fim da homofobia na escola; que travestis possam usar o nome feminino nas salas de aula; e que a discriminação a homossexuais seja considerada crime no Brasil. “Hoje temos uma preocupação especial com a situação das travestis, que são as que sofrem mais discriminação na escola”, acrescenta.

Segundo Reis, entidades nacionais apoiaram os projetos, entre elas a CUT (Central Única dos Trabalhadores), a CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação) e a Fasubra (Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores das Universidades Públicas Brasileiras).

Agora a ABGLT pretende utilizar a decisão da Conae como uma referência para pressionar por mudanças. “Queremos avaliar, monitorar, e acompanhar de forma propositiva as políticas públicas”, diz Reis.

Leia mais
Estudo aponta que 18% da população carcerária do país têm acesso à educação
Formação de professores em cursos de educação a distância gera polêmica
Debate sobre cotas raciais é morno na Conferência Nacional de Educação
"Falta divulgação para ampliar EJA", diz coordenador da Ação Educativa na Conae
Melhorar educação depende de piso e carreira para professores
Profissionais indígenas de educação pedem que sistema de ensino próprio seja implementado
Rankings de escolas pelo Enem ou pelo Ideb prejudicam a educação, diz especialista
4,1 milhões de crianças e jovens estão fora da escola, diz secretária da Educação Básica
"Enem deve passar por avanços", afirma ex-presidente do Inep
Brasil começa a discutir um "SUS" para a educação nesta segunda-feira
Manifestações marcam abertura da Conferência Nacional de Educação
Para especialistas, atual Plano Nacional de Educação "fracassou"
MEC pede que Plano Nacional de Educação ultrapasse questão partidária
Só piso salarial não resolve problema de professor, diz Haddad
Estudantes e servidores da UnB entram em confronto com seguranças na abertura da Conae

 

Educação