Trote universitário

Secretaria das Mulheres pede explicações sobre trote humilhante em calouras de agronomia da UnB

Amanda Cieglinski

Da Agência Brasil<br>Em Brasília

A Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) da Presidência da República pediu explicações à Universidade de Brasília (UnB) sobre um trote aplicado em alunas calouras da Faculdade Agronomia e Veterinária.

A secretaria recebeu uma denúncia de que as estudantes “foram submetidas a uma encenação que incita ao sexo oral, ridicularizando e desrespeitando as mulheres”, segundo a representação encaminhada à reitoria da UnB e ao Ministério Público Federal.

De acordo com a UnB, o documento encaminhado pela SPM inclui fotografias que mostram as calouras lambendo uma linguiça lambuzada com leite condensado. O reitor da instituição, José Geraldo Júnior, encaminhou o documento ao diretor da faculdade e pediu mais detalhes sobre o ocorrido.

A UnB é contra a prática do trote e orienta os alunos sobre os problemas dessa prática, mas não há previsão de sanção aos que participam de tais atividades ou mesmo para o que a promovem.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos